• Fonte: Prefeitura de Ilhabela

Em Ilhabela, obras dos km 7 e 10 da estrada de Castelhanos começam nesta quarta

Segundo avaliações técnicas, as intervenções nos quilômetros 7 e 10 serão feitas via geogrelha, com o reforço do solo. O sistema será instalado para a construção de muros de arrimos, evitando assim novos deslizamentos.

Obras permitirão restabelecer cotidiano da comunidade tradicional - Foto: Divulgação/PMI

O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, visitou na manhã desta segunda-feira (19), os quilômetros 7 e 10 da estrada de Castelhanos, comunidade tradicional do arquipélago.

Acompanhado de representes da Secretaria de Planejamento Urbano, Obras e Habitação e Defesa Civil de Ilhabela, o prefeito conferiu de perto a atual situação do local, que teve pontos de desmoronamentos devido a chuva do dia 14 de fevereiro, interditando parte da via.

O secretário adjunto da Secretaria de Planejamento Urbano, Obras e Habitação, Carlos Augusto de Souza, o Gordo; o diretor de Obras Públicas, Wagner Silva; e o diretor da Defesa Civil de Ilhabela, Leopoldo Moreira, também estavam presentes.

“Nosso objetivo é restabelecer o cotidiano da comunidade caiçara, possibilitando a geração de emprego e renda. Nossa gestão já realiza serviços de desobstrução da estrada, com limpeza e remoção de galhos e terra. Com isso, a prefeitura iniciará as obras esta semana, após receber autorizações dos órgãos gestores da estrada (DER), Parque Estadual e Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo”, informou o prefeito Márcio Tenório.

Segundo avaliações técnicas, as intervenções nos quilômetros 7 e 10 serão feitas via geogrelha, com o reforço do solo. O sistema será instalado para a construção de muros de arrimos, evitando assim novos deslizamentos.

Liberação parcial

A Defesa Civil de Ilhabela liberou no dia 13 de março um trecho parcial da estrada da comunidade tradicional de Castelhanos. A via estava totalmente interditada devido às fortes chuvas que atingiram a cidade em fevereiro deste ano. A liberação para pedestres ocorreu entre os quilômetros 9 e 10 da via, que continua interditada para veículos automotores neste trecho.

Com a desobstrução, os jipeiros locais poderão retornar com os passeios, utilizando o sistema de baldeação. A ideia é que o número de jipes utilizado nos passeios aumente para o feriado de Páscoa, em 30 de março.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________