• Fonte: G1

Rodovia Mogi-Bertioga é liberada após 38 horas de bloqueio por queda de encosta

As duas pistas foram bloqueadas às 22h20 de quarta-feira (21) depois que chuvas intensas ocasionaram o desmoronamento de rochas, terra e árvores no entorno do Km 87. Equipes conseguiram conter encostas após o deslizamento.

A rodovia Dom Paulo Rolim Loureiro (SP 098), a Mogi-Bertioga, foi liberada às 14h desta sexta-feira (23), após 38h de bloqueio em razão de deslizamentos ao longo da pista que interliga o planalto e o litoral de São Paulo. Equipes permanecem monitorando as encostas ao longo dos próximos dias. As duas pistas foram bloqueadas às 22h20 de quarta-feira (21) depois que chuvas intensas ocasionaram o desmoronamento de rochas, terra e árvores no entorno do Km 87. Os incidentes não deixaram feridos, mas forçaram a interdição total ao tráfego de veículos nos dois sentidos, por segurança. O DER informou que mobilizou equipes para limparem as pistas e deslocarem as rochas que caíram. "Somente após constatação de estabilidade do talude no local é que o tráfego pôde ser restabelecido novamente, oferecendo condições de segurança aos motoristas e usuários", afirmou, por meio de nota. O Departamento e a Polícia Militar Rodoviária (PMR) informaram que continuam monitorando a rodovia nos próximos dias. Como alternativas, os motoristas podem utilizar o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), que liga São Paulo ao Litoral Sul, e a Rodovia dos Tamoios (SP-99), de São José dos Campos ao Litoral Norte.

Fevereiro Em 15 de fevereiro, uma queda de encosta também interditou totalmente a rodovia, que permaneceu interditada por mais de uma semana. Na ocasião, o deslizamento aconteceu no entorno do km 82, no trecho de Biritiba Mirim, em Mogi das Cruzes, e também nos quilômetros 87 e 88,5, já em Bertioga.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________