• Fonte: Prefeitura de São Sebastião

Ambulantes de São Sebastião se reúnem na Prefeitura para adequações à legislação de ordenamento nas

Na próxima semana vendedores ambulantes de outras praias também deverão se reunir na sede da Prefeitura. A intenção da Administração Municipal é ouvir vendedores licenciados que atuam em cada uma das 30 praias do Município.

Foto: André Santos/PMSS

Após pelo menos seis meses de aplicação da nova lei que disciplina o comércio ambulante em São Sebastião o prefeito Felipe Augusto está se reunindo com os ambulantes licenciados de cada uma das 30 praias do Município para ouvir as observações e sugestões propostas pelos trabalhadores. As reuniões têm sido acompanhadas pelos responsáveis dos setores de Fiscalização Tributária e da Vigilância Sanitária, além de alguns vereadores.

Somente na última semana já foram ouvidos vendedores das praias de Barra do Sahy, Juquehy, Cigarras e Guaecá. Embora cada praia esteja sendo tratada de maneira individual respeitando cada uma de suas peculiaridades é um consenso dos ambulantes a necessidade de ampliar o número de guarda-sóis e cadeiras permitidos para a utilização na faixa de areia. Segundo eles, o que é permitido pela lei atual não é suficiente para atender à demanda de clientes.

O prefeito Felipe Augusto explicou que existe uma possibilidade de atender algumas reivindicações desde que, os ambulantes auxiliem a Administração Municipal na fiscalização das irregularidades da lei e no cumprimento total dos acordos firmados. “Queremos deixar a praia limpa, organizada e bonita para atrair cada vez mais turistas e veranistas que possam aumentar o ganho de vocês que atuam nas praias, porém, é preciso que todos os acordos aqui firmados sejam cumpridos e que vocês possam nos auxiliar nesta fiscalização”, disse.

Felipe Augusto reforçou que, tendo como base a lei municipal que disciplina o comércio ambulante de São Sebastião, a ideia é criar regras específicas para cada uma das praias. “Vamos tratar as praias de maneira diferenciada porque acreditamos que cada uma tem a sua peculiaridade e precisa ser adequada ao que determina a lei. Com isso, vamos criar decretos para regulamentar estas alterações”, completou.

Para a ambulante Tereza, da praia das Cigarras, as novas propostas foram bem aceitas e poderão auxiliar no aumento das vendas durante os finais de semana e feriados prolongados. “Com o número de cadeiras propostos inicialmente estava ficando difícil atender aos turistas, mas, agora com a ampliação deste número certamente vamos conseguir melhorar nossas vendas”, destacou.

Na próxima semana vendedores ambulantes de outras praias também deverão se reunir na sede da Prefeitura. A intenção da Administração Municipal é ouvir vendedores licenciados que atuam em cada uma das 30 praias do Município.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________