• Fonte: Prefeitura de Ilhabela

Prefeitura de Ilhabela discute sobre Projeto Praia Amiga dos Cães

Com o objetivo de se tornar modelo nacional, o protagonismo do arquipélago na iniciativa tem a finalidade de tratar a saúde pública e tornar segura a presença dos cães nas praias.

Foto: Divulgação/PMI

A Prefeitura de Ilhabela realizou recente reunião, no Paço Municipal, com o professor da Universidade Federal do Paraná e veterinário, Alexander Biondo, para implantação do projeto Praia Amiga dos Cães.

Com o objetivo de se tornar modelo nacional, o protagonismo do arquipélago na iniciativa tem a finalidade de tratar a saúde pública e tornar segura a presença dos cães nas praias.

Ilhabela possui lei sancionada que impede a presença de animais no ambiente, por isso o projeto será fundamentado em leis municipais, educação ambiental, fiscalização, monitoria, cartilhas instrutivas e pesquisas periódicas que criem condições e cuidados para tornar a atividade benéfica e proveitosa para todos os envolvidos.

“Temos animais em casa e também nas ruas. O importante é reconhecer essa realidade e torná-la saudável. Um local com o convívio com animais restrito e monitorado chega a ter mais qualidade do que praias que são abertas”, disse Biondo.

A vereadora Maria Salete Magalhães frisou a relevância da efetividade das políticas públicas para uma ação eficiente e que proporcione bem-estar à população e aos animais. “Além disso o local também contará com um centro de apoio ligado ao CRA (Centro de Referência Animal), com propostas de adoção, campanhas de vacinação e agendamento de castrações”, disse.

A representante da Secretaria de Meio Ambiente na reunião, Esméria da Silva, destaca a importância de regulamentar à atividade para que os cães também tenham oportunidade. “Nós instalamos placas que proíbem os animais na praia, mas agora chegou um momento de normalização para que os pets também possam estar no local, mediante fiscalização, cuidados e análises do ambiente”, observou.

O prefeito Márcio Tenório, destaca que a iniciativa envolve educação, cidadania e programas que orientem a população. “Os animais tornaram-se membros das famílias e a presença de cães nas praças e praias é inegável. Temos que ter ambientes qualificados para este convívio”, comentou.

A iniciativa também vai ao encontro do crescimento de turismo com animais no Brasil, possibilitando que este mercado em ascensão traga benefícios ao arquipélago e fomente a economia do município.

“Locais como estes já existem em diversos países. Nos Estados Unidos são mais de 300. Temos que estar na vanguarda do Turismo, ainda mais quando se trata de um local para se frequentar com toda a família, já que nossos pets também fazem parte dela”, ressaltou Ricardo Fazzini, secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo.

O projeto é uma iniciativa da Prefeitura, por meio das secretarias de Saúde, Desenvolvimento Econômico e do Turismo, e Meio Ambiente, em parceria com o veterinário e professor Alexander Biondo com o apoio da vereadora Maria Salete Magalhães e do Instituto Ilhabela Sustentável.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________