• Da redação

Com administração cara aos cofres públicos, Santa Casa, requisitada pela Prefeitura, permanece sem r

Segundo informações do hospital, o reparo das três placas queimadas do aparelho teria sido orçado em R$ 32.000,00.

Mão de médico segurando um raio x

Responsabilizando a greve dos caminhoneiros pela demora do conserto do aparelho de raio X e as condições climáticas da cidade litorânea (maresia) pelo defeito, a gerência do hospital, que já dispendeu cerca R$ 75 mil reais apenas com o salário de sua administradora, ainda estuda de que maneira o conserto do aparelho será efetuado. Usuários do hospital, inconformados com a situação, se manifestam: “Amanhã vou novamente à Santa Casa de Ubatuba com os pulmões cheios em virtude de uma forte gripe. Na semana passada fui ao hospital e a máquina estava quebrada, o médico solicitou o raio X na clínica do Itaguá. Como fica quem não tem dinheiro para pagar? Onde estão os vereadores e o prefeito que não fazem nada pela população?" A falta de funcionamento também afetou a ala pediátrica "estou há um mês tentando marcar um raio x que a médica solicitou para o meu bebê, que foi diagnosticado com uma doença grave. Dia sim, dia não vou lá, ou telefono, e ouço a mesma resposta 'não temos a previsão de quando vai ser arrumado'", afirmou publicamente Juliana Siqueira. A Santa Casa, em comunicado oficial, aventa a possibilidade de terceirizar os serviços e apagou das redes sociais as manifestações de munícipes que olharam essa medida com desconfiança. “A Prefeitura se vangloria de novas unidades móveis para transportar pacientes, por que não fazem o investimento para sanear as dificuldades técnicas e operacionais da Santa Casa? Essa terceirização cheira a “trambique” (..) fico passado ao ver tanta incompetência e tantos vigaristas administrando os bens públicos”, afirmou publicamente o munícipe que teve seu comentário apagado das redes sociais. Adelaide Barreto completa na rede sua insatisfação pelo serviço público prestado pelo hospital: “Cadê a nova diretoria da Santa Casa? Não era para estar acontecendo isso, um equipamento quebrado há dias”. O associado da Santa Casa e ex-candidato à provedoria da instituição, em eleição suspensa abruptamente pela prefeitura, completa: “Muita negligência, meu Deus, o que o senhor prefeito Sato está fazendo com a Santa Casa!” Segundo a prefeitura, será realizada a locação provisória de um equipamento e o serviço será restabelecido a partir desta sexta-feira, dia 29.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________