• Fonte: Prefeitura de São Sebastião

São Sebastião inicia o maior programa de restauração florestal do Litoral Norte

Uma parceria entre a Prefeitura de São Sebastião e o Governo do Estado fará o plantio de 247.168 mudas para o reflorestamento de uma área de 97,76 hectares – o que corresponde a 970 mil metros quadrados - em sete áreas da cidade.

Será o maior projeto de restauração florestal do Litoral Norte - Foto: André Santos/PMSS

Uma parceria entre a Prefeitura de São Sebastião e o Governo do Estado fará o plantio de 247.168 mudas para o reflorestamento de uma área de 97,76 hectares – o que corresponde a 970 mil metros quadrados - em sete áreas da cidade. Na última quinta-feira (05/07), representantes do Desenvolvimento Rodoviário (Dersa) e da Prefeitura de São Sebastião fizeram a assinatura de um termo de acordo para a implantação de restauração florestal. Este acordo integra a contrapartida aos impactos causados pelas obras da Nova Tamoios/Contornos – executada pelo Governo do Estado por meio da Dersa.

Uma destas áreas é a do conhecido morro do Guaecá com os seus 128 mil metros quadrados de abrangência, ou seja, 12,8 hectares e que será totalmente recuperado com o plantio de aproximadamente 29,8 mudas de espécies nativas da mata atlântica.

De acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente nesta área, em específico, serão recuperadas as duas faces do morro, tanto a voltada para o Guaecá, com o plantio de 12.607 mudas, como para a face voltada para o Barequeçaba com a inserção de 17.201 mudas.

Além do Guaecá, também estão sendo recuperadas áreas degradadas no Varadouro, Pitangueiras, Maresias, Santiago e a denominada faixa de domínio da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), que compreende 25 metros contados a partir da estrada e do domínio da Dersa.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Auracy Mansano este é um grande avanço para a cidade. “Hoje é um dia histórico para São Sebastião e para o Litoral Norte. Afinal, estamos iniciando um importante programa de reflorestamento que irá recuperar áreas como esta, do Guaecá, que estavam bastante degradadas e vinham sofrendo com a erosão”, disse.

Ainda de acordo com o secretário as novas florestas contribuirão para a manutenção da biodiversidade e prevenção dos processos erosivos. “Teremos aqui espécies próprias da Mata Atlântica e que auxiliarão na manutenção da fertilidade do solo da regulação climática e da proteção de matas ciliares e, consequentemente das bacias hidrográficas”, enfatizou Mansano.

Para o gerente de Meio Ambiente da Dersa, Marcelo Arregy, a parceria entre Prefeitura e Dersa é muito positiva. “Ficamos muito felizes quando a Prefeitura de São Sebastião nos apresentou áreas para executarmos esta nossa política de recuperação de áreas”, comentou.

Na avaliação do prefeito Felipe Augusto a assinatura do termo de acordo para a recuperação florestal marca mais um importante avanço nas políticas públicas ambientais na cidade. “Hoje é um dia muito feliz porque estamos aqui cumprindo um dos nossos compromissos do Plano de Governo de recuperar este importante ponto de nossa cidade. E isto se faz possível graças à sensibilidade do Governo do Estado em nos auxiliar com o plantio das mudas”, finalizou.

Será o maior projeto de restauração florestal do Litoral Norte - Foto: André Santos/PMSS

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________