• Fonte: Prefeitura de São Sebastião

Batismo da Canoa Polinésia “Ubuntu” emociona grande público no Arrastão

Adquirida coletivamente por cerca de 80 remadores, a canoa recebeu esse nome, de origem africana, em referência a uma filosofia que fala sobre o significado da humanidade e do modo como vive.

Canoa Ubuntu - Foto: Marcos Bonello/PMSS

O Instituto São Sebá Va’a, em parceria com a Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Turismo (SETUR), realizou no domingo (08/07)), na praia do Arrastão, o batismo da sua mais nova canoa polinésia, a “Ubuntu”.

Adquirida coletivamente por cerca de 80 remadores, a canoa recebeu esse nome, de origem africana, em referência a uma filosofia que fala sobre o significado da humanidade e do modo como vive.

“Ubuntu significa sou o que sou porque somos todos nós”, explicou a organizadora do evento, Georgia Michelucci. “A ideia do Ubuntu é que gente precisa de gente para ser gente. A gente precisa cuidar de outra gente para cuidar de nós mesmos”.

No evento, foram realizadas ainda quatro apresentações de danças culturais como o Maracatu (brasileira), uma dança africana, uma dança polinésia feminina e o Haka (Maori).

“O propósito do Projeto Canoa para Todos é exatamente o ‘Todos’, inclusive reconectar os filhos, netos e os próprios caiçaras com o mar, resgatando a ancestralidade”, contou Georgia, que disse ainda que cada vez mais pessoas acima de 40 e até de 80 anos participam das remadas. “Cada um rema dentro da capacidade que tem”.

Todas as outras canoas do projeto foram levadas participar do batismo da nova integrante, Ubuntu.

Márcia Tamaziro, 55 anos, rema há um ano. “Faço outros esportes também, mas nada melhor do que remar. A canoa tira estresse, angústia, é maravilhoso”.

Janete Flausino, 63 anos, rema há poucos meses, e recomenda. “É muito bom, vou sempre no primeiro horário, é um momento de introspecção, a gente fica quietinha, remando, acho que todo mundo deveria experimentar”.

Interessados em participar do projeto podem acessar o site www.saosebavaa.com.br ou o facebook “São Sebá Va’a” para mais informações. Cerca de 300 pessoas participam das remadas, que saem ao lado do píer da Petrobrás, no Porto Grande, em diversos horários diariamente. Os fixos são: 5h50, 7h, 9h, 12h e 17h20, mas outros horários sempre saem todos os dias.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________