• Fonte: Prefeitura de Ilhabela

Ilhabela trabalha na revitalização da trilha subaquática na Ilha das Cabras

A estrutura, que já existe hoje para guiar mergulhadores, passa por profundas melhorias.

A estrutura, que já existe hoje para guiar mergulhadores, passa por profundas melhorias - Foto: Ronald Kraag

A Prefeitura de Ilhabela está mais vez uma investindo na segurança de quem utiliza as águas do arquipélago para a prática de esportes. Dessa vez, a Ilha das Cabras vem recebendo atenção e cuidados, por meio da manutenção da trilha subaquática.

Importante ponto de mergulho na ilha, graças às suas águas claras e calmas e a intensa vida marinha existente naquela área (tartarugas, peixes, arraias), a Ilha das Cabras é muito procurada por mergulhadores experientes e também para quem está iniciando na prática do mergulho autônomo (com cilindro).

Para manter a segurança desses mergulhadores e fomentar essa atividade largamente oferecida pelas agências da região, a trilha subquática instalada no local há alguns anos, vem passando por melhorias. A trilha é basicamente formada por cabos colocados em estruturas que tem como função guiar os mergulhadores, servindo de orientação e garantindo a segurança tanto das pessoas quanto da biodiversidade marinha, pois evita, por exemplo, que pedras sejam mexidas do fundo para dar impulso ou mudar a direção do mergulhador.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Ricardo Fazzini, explica que o trabalho desempenhado é essencial para o bom desenvolvimento do ecoturismo, sobretudo quando se fala em conservação do meio ambiente, e quando se trata de sensibilizar o visitante quanto à influência das suas práticas nas áreas naturais protegidas de Ilhabela. “Mais uma vez visamos a proteção do nosso patrimônio natural ao mesmo tempo em que oferecemos aos locais e turistas, constantemente, uma maior interação deles com a fauna e flora riquíssimas que a ilha abriga, investindo em um funcionamento sustentável e cada vez mais ecológico das atrações de natureza de Ilhabela”.

Mergulhadores e pesquisadores trabalham juntos na execução do projeto da trilha subaquática, que ficará pronta em poucos dias e trará mais segurança aos visitantes com uma infraestrutura adequada para as atividades lá realizadas uma vez que, semanalmente, acontecem em média 250 mergulhos autônomos no local.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________