• Fonte: Prefeitura de Ubatuba

'Fiscalização de trânsito e fatores de risco' é tema de palestra em Ubatuba

A iniciativa integra o programa de aperfeiçoamento anual obrigatório, promovido pela GCM.

Foto: Divulgação/PMU

Na manhã desta segunda-feira, 23, a corporação da Guarda Civil Municipal de Ubatuba (GCM), juntamente com representantes da Coordenadoria de Trânsito, da Polícia Militar e da Polícia Civil estiveram no Teatro Municipal para assistir à palestra “Fiscalização de trânsito e fatores de risco”, proferida pelo Capitão da Polícia Militar, Julyver Modesto de Araujo. A iniciativa integra o programa de aperfeiçoamento anual obrigatório, promovido pela GCM.

Em suas palavras, o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Major Rubens Martins Franco Junior, destacou as ações que vem sendo desenvolvidas pela pasta, e lembrou que, apesar da segurança pública ser um dever do Estado, a Prefeitura investe cerca de R$ 11 milhões ao ano no setor.

Reforçando as palavras do secretário Franco, o prefeito Délcio Sato (PSD) falou sobre a união das forças de segurança no município, sobre a importância do Conselho de Segurança (Conseg) e sobre o impacto que todas as ações que vem sendo implementadas estão repercutindo e trazendo resultados positivos para a cidade e, consequentemente, para o Turismo.

“A gente tem sido elogiado e tem visto a dedicação de vocês à frente da Segurança Pública do município e sentimos a diferença a nível estadual, pois Ubatuba é a menor, em termos de recurso, na região, porém, a criatividade e a integração entre as forças policiais vem trazendo um resultado efetivo, tanto que somos a 27ª cidade mais segura do Estado”, frisou Sato.

Em sua palestra, Modesto comentou que o trânsito é um problema sério que existe no mundo e que há esforços para garantir a segurança nesse quesito, mas, ainda assim, a população enfrenta acidentes e mortalidade. Citou que a legislação de trânsito no país é muito complexa e se atualiza com muita frequência e que, apesar de grande abrangência, sua fala seria baseada nos fatores de risco – classificados assim de acordo com estudos internacionais e parâmetros da Organização das Nações Unidas (ONU).

“O trânsito é a utilização compartilhada e cordial da via pública. Para que um cidadão tenha um comportamento responsável, é preciso saber que ele não utiliza o espaço sozinho. A preocupação com as outras pessoas é fator determinante para a redução de mortes”, finalizou.

Mais sobre a capacitação da GCM

Com início no dia 07 de julho, o aperfeiçoamento é referente a leis e atuação no trânsito. As aulas acontecem sempre aos sábados, das 8h às 18h, com duração prevista para três meses e meio.

Todas as corporações de Guarda Municipal do Brasil são regidas por Leis Federais, que ditam como deverá ser seu funcionamento e procedimentos que devem ser realizados anualmente ou a cada dois anos. Dentre os anuais obrigatórios, estão a promoção de aprimoramentos técnicos e de procedimentos, bem como atualização jurídica. Essa espécie de reciclagem obrigatória anual deve ter uma carga horária mínima de 80 horas.

O palestrante

Julyver Modesto de Araujo é Capitão da Polícia Militar e atua no policiamento de trânsito urbano desde 1996; Mestre em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pelo Centro de Altos Estudos de Segurança da PMESP; Mestre em Direito do Estado pela Pontifícia Universidade Católica – PUC/SP; Especialista em Direito Público pela Escola Superior do Ministério Público de SP; Coordenador de Cursos, Professor, Palestrante e Autor de livros e artigos sobre trânsito. Conselheiro do CETRAN.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________