• Denise Martins Silveira

Maio de 1968 é tema de exposição fotográfica durante a Flip

Para além do encontro com os protagonistas de Maio de 68, uma reflexão se impõe a todos nós hoje, 50 anos mais tarde, quanto à atualidade desse momento histórico.

Foto: Divulgação

Através de 43 fotografias, é possível mergulhar "No coração de Maio 68". Quartier Latin, barricadas, slogans são emblemas que levarão o visitante a uma imersão na atmosfera e lugares mais simbólicos que marcaram a época. Graças à força da arte fotográfica de Philippe Gras, sua fotos se distinguem de toda a documentação já conhecida e nos oferece um olhar exterior, por vezes de empatia e distanciado, dos acontecimentos reveladores daquele período. Para além do encontro com os protagonistas de Maio de 68, uma reflexão se impõe a todos nós hoje, 50 anos mais tarde, quanto à atualidade desse momento histórico. Complementando a exposição teremos também a apresentação do documentário Maio de 68, uma estranha primavera, realizado pelo historiador e cineasta Dominique Beaux (90 min).

A exposição acontece no prédio anexo do Museu de Arte Sacra.

Serviço

Anexo do Museu

Rua Santa Rita, 176 De 27 a 29/07/2018 - Das 10h às 22h

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________