• Denise Martins Silveira

Ilhabela esquenta a baixa temporada: recebe 100 mil pessoas e fatura 150 milhões em julho

Sucesso da 45ª Semana de Monotipos, Boutique Boat Show, 45ª Semana de Vela e Race Village fazem julho de 2018 entrar para a história do turismo e esporte da cidade.

Público no show dos Paralamas do Sucesso - Foto: Marco Yamin/PMI

Julho de 2018 entra para a história do turismo e esporte de Ilhabela. Com a 45ª Semana de Monotipos, Boutique Boat Show, 45ª Semana de Vela e o Race Village, o mês náutico ultrapassou as expectativas. A Cidade recebeu mais de 100 mil visitantes e atingiu a casa dos R$ 150 milhões em faturamento. Para manter tanto turistas como moradores locais integrados e entretidos, o Centro Histórico recebeu shows variados, com artistas do nível de Os Paralamas do Sucesso e Diogo Nogueira, sete sessões diárias de cinema, além de exposições, passeios e apresentações. Tudo grátis. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Ricardo Fazzini, para oferecer a estrutura montada nos 5 mil metros quadrados do Race Village e suas atrações, a Prefeitura de Ilhabela investiu R$ 4 milhões. “O aporte se justifica pelos resultados alcançados. Nosso objetivo é fazer bem feito e em alto padrão para mostrar nosso potencial e atrair parceiros, que já estão aparecendo. Vários empresários já entraram em contato interessados em participar do mês náutico de 2019”, avaliou, que além de artistas, trouxe referências no universo náutico como Lars Grael e Amyr Klink para concorridas palestras, entre outros. Inverno quente

O mês de julho é classificado como de baixa temporada no litoral. Para Ilhabela, contudo, o inverno foi quente. Levando em conta apenas os dois finais de semana da mais tradicional competição náutica do Brasil, a taxa de ocupação da rede hoteleira atingiu os 95%, segundo dados da Associação Comercial Local. Na média mensal, a porcentagem se manteve em 80%. São números que colocam a cidade em patamar de igualdade a destinos tradicionais para o período, como Campos do Jordão, por exemplo. Muitos turistas visitaram a cidade atraídos pelas variadas atrações do Race Village, como comprovam os números. O Hospitality Boat, escuna que levou o público diariamente para acompanhar as regatas a partir do Píer da Vila, recebeu 1.030 passageiros em 11 dias. Em terra, o cinema reuniu 10.500 pessoas ao longo do mês. Na noite do dia 23, sete mil espectadores acompanharam o show do Paralamas do Sucesso, público recorde da temporada 2018. No dia 27, o sambista Diogo Nogueira levou mais cinco mil pessoas para o Centro Histórico. O prefeito Márcio Tenório aponta uma curva ascendente do turismo em julho na ilha desde o ano passado, quando a Semana de Vela saiu de dentro do Yatch Club e foi para o Race Village. “Com as atividades no mar e em terra, integramos turistas, moradores e velejadores, além, gerar mais emprego e renda à nossa população na baixa temporada”, destacou o prefeito, lembrando que na inauguração do espaço instalado no Centro Histórico, na noite de sábado (7), somente o show do rapper Gabriel, o Pensador atraiu 5 mil pessoas. Mais eventos esportivos

José Roberto de Jesus, secretário de Esporte e Lazer, ressalta que os números superlativos obtidos no mês náutico reafirmam Ilhabela como a Capital Nacional da Vela. Não por acaso, além da Semana de Monotipos e Semana de Vela 2018, a cidade sediará eventos esportivos de nível nacional e internacional, como os campeonatos brasileiros de Hobie Cat (outubro) e Optimist (janeiro de 2019), além do mundial de Snipe (outubro de 2019). “Somente na Semana de Monotipos, no início de julho, reunimos 200 barcos, mais de 300 velejadores em 20 classes e fizemos 45 regatas. Na Semana de Vela foram 120 barcos, cerca de 1.000 velejadores, e mais 80 regatas. Isso comprova o potencial para mais eventos esportivos de relevância na cidade”, garantiu. A 45ª Semana de Vela foi especial em termos de integração terra e mar. Durante cinco dias consecutivos, todas as regatas (incluindo as disputas da Ilhabela Cup) ocorreram no Canal de São Sebastião, diante de moradores e turistas no Race Village e Píer da Vila. Um espetáculo histórico em termos de constância meteorológica – com ventos favoráveis - e também informação esportiva em tempo real. A 46ª edição da Semana de Vela de Ilhabela já tem data definida. Será no período de 13 a 20 de julho de 2019. “Vivemos uma situação que sempre esperamos que acontecesse: ter visibilidade do esporte, aproximar a vela do público com a possibilidade de as pessoas assistirem as regatas. Participo da Semana de Vela de Ilhabela há 35 anos e foi a primeira vez que conseguimos montar as raias no Canal de São Sebastião por cinco dias consecutivos. As grandes competições ao redor do mundo contam com transmissão ao vivo e agora nós subimos vários degraus nessa escala de importância”, informou Cuca Sodré, presidente da Comissão de Regatas do maior evento náutico da América Latina, que terminou no sábado (28). Pela primeira vez em 45 anos de história, a Semana de Vela de Ilhabela teve transmissão ao vivo das regatas, com imagens e locução exibidas em dois telões instalados no Race Village, além da possibilidade de acessar pelo Facebook da Secretaria de Esportes, do Turismo e da Prefeitura da cidade. “Trabalhamos em 12 pessoas. A equipe é composta de câmeras, drones, produção, técnicos de elétrica e engenharia, além de locutor e editor. A evolução tecnológica permite mostrar em tempo real tudo o que acontece de dentro do barco”, explicou Carla Lima, diretora da Lima Filmes, empresa responsável pela transmissão de 12 horas de regatas. Além dos vídeos, foi possível acompanhar a evolução dos barcos em tempo real por meio de mapas. O serviço, realizado pela Comunicação 3, teve 47 mil acessos no Brasil e mais doze países. Para acessar as informações das regatas ou as imagens transmitidas para o Facebook, os visitantes do Race Village tinham à disposição uma rede gratuita de internet. Para entrar no wi-fi disponibilizado pela Prefeitura era necessário apenas fazer um cadastro. Segundo dados da Linktel, parceira da administração dessa ação, foram feitos 2.450 cadastros. Ao todo, foram registrados 345 Gigas de download e 102 Gigas de upload no espaço montado no Centro Histórico.

Números de Ilhabela em julho - 100 mil visitantes - 150 milhões de faturamento - 80% de ocupação média da rede hoteleira - 95% de ocupação nos dois finais de semana da Semana de Vela

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________