• Fonte: Prefeitura de São Sebastião

São Sebastião promove palestra de conscientização sobre o Tráfico de Pessoas em Boiçucanga

Objetivo é conscientizar as pessoas sobre o problema. Promessas de bons empregos, com boa remuneração, em outras localidades ou países, podem conter riscos como trabalho escravo, adoção ilegal, exploração sexual e tráfico de órgãos.

Foto: Divulgação/PMSS

A Prefeitura de São Sebastião, através da parceria entre a Coordenadoria da Mulher e a Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES) promoverá uma palestra com o tema “O que é Tráfico de Pessoas”, por meio da campanha “Coração Azul contra o Tráfico de Pessoas em São Sebastião”, nesta quinta-feira (02/08).

A palestra será ministrada pelo Guarda Civil Municipal (GCM) Mauro Morando, na Escola Municipal Guiomar Aparecida da Conceição Souza, no bairro de Boiçucanga, Costa Sul do município.

Segundo a coordenadora da Mulher de São Sebastião, Andrea Rodrigues, a palestra visa conscientizar a população. “É necessário falar desse assunto, e informar às pessoas que o tráfico humano, acontece também em nossa cidade.”, declarou à coordenadora.

O evento faz parte da Semana de Mobilização do Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, e conta com a parceria da Organização das Nações Unidas (ONU), que declarou o dia 30 de julho como Dia Mundial do Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, e de instituições que lidam com o tema.

As autoridades alertam para promessas de bons empregos, com boa remuneração, em outras localidades ou países. O risco é de que, por trás dessas propostas atraentes estejam criminosos com o objetivo de cometer crimes como os de prática de servidão, trabalho escravo, adoção ilegal, exploração sexual e, inclusive, de tráfico de órgãos.

Denúncias

Denúncias contra o tráfico de pessoas podem ser feitas por meio dos canais de denúncia, como o disque denuncia 3891-2144, da Coordenadoria da Mulher de São Sebastião; Disque 100, do Ministério dos Direitos Humanos; e o Ligue 180, da Secretaria de Políticas para as Mulheres. Também é possível fazer denúncias pelo telefone 158, do Ministério do Trabalho; e pelo site www.mpt.gov.br, do Ministério Público do Trabalho.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________