• Da Redação

É preciso pensar bem antes de adotar um animal

Tem muita gente que não resiste à fofura de um pet. Mas, adotar no impulso só porque se encantou com o animal não é uma boa ideia. Existem vários pontos que devem ser pensados e levados em consideração antes de levar o animal para casa.

Todo pet precisa de carinho, atenção e cuidados básicos à espécie

Animal não é descartável. É um ser vivo que precisa de cuidados básicos para a sobrevivência e cuidados médicos quando necessário.

Não importa a espécie, seja cão, gato, ave, réptil, ele vai precisar também de carinho, da atenção do tutor e que sejam observados e respeitados comportamentos básicos e instintivos da sua espécie.

E todo tutor vai precisar ter consciência de que irá gastar um tempo todos os dias cuidando do pet. Portanto, antes de decidir pela adoção ou compra de um animal vamos conhecer alguns dos fatores que precisam ser levados em conta:

1. Disponibilidade financeira

Animal dá gasto e ponto final. Não é só com ração. Tem vacinas, medicamentos contra pulgas e carrapatos, consultas periódicas ao veterinário (principalmente quando ficam mais velhos), exames preventivos, cobertas e roupas para o inverno, coleiras e peitorais para passeio, areia sanitária, utensílios, arranhadores para gatos, brinquedos...

Se você não tem condições de, pelo menos, dar o mínimo necessário para manter a saúde dele em dia, não tenha o animal. E, se você tem condições financeiras para tudo isso, mas nem passa pela sua cabeça ter esses gastos, faça um favor a si mesmo, não adote e nem compre.

2. Disponibilidade de tempo

Você vai precisar cuidar do seu pet todo dia. Não importa a espécie. Ele precisa de cuidados diários. Não é só deixar a comida e a água à disposição. Um gato precisa de carinho, atenção, escovação e limpeza das caixas de areia. Um cão, além do carinho, da atenção e da escovação, necessita de exercícios. E vai precisar de passeios diários ou brincadeiras com o tutor, independentemente do tamanho do quintal. Alguns, tanto gatos quanto cães, irão precisar de adestramento. E isso é outro ponto importante. Você tem que estar disposto a ensinar ou a contratar um profissional que te ajude nesse quesito.

É preciso separar um horário no dia para dar atenção ao pet

3. Paciência

Se só de ler tudo isso, você já está sem paciência, desista. Animais são como crianças. É um teste de paciência diário. Se você não tem disposição para isso, melhor cuidar de plantas ou pedras.

Animais querem atenção quando você chega em casa, querem carinho na hora que finalmente você conseguiu sentar no sofá para relaxar, ficam doentes geralmente à noite, destroem tudo o que encontram, arranham móveis e cortinas, fazem necessidades nos lugares errados, precisam ser ensinados e por aí vai. Mas o amor e a lealdade que eles oferecem compensa tudo isso e mais um pouco.

Mas, se amor e lealdade não são suficientes para você, de novo fica a sugestão: cuide de plantas.

Ter paciência é fundamental, principalmente nos primeiros anos de vida do pet

4. Espaço

De verdade, o espaço é o de menos. Animais gostam de conviver com os tutores e de ficar ao lado deles. Portanto, não importa o tamanho da sua casa ou apartamento, eles, com certeza se adaptarão.

O importante é que você escolha o animal de acordo com a sua disponibilidade de tempo. Não adianta adotar um cão de porte grande se você vive em apartamento, mas não tem tempo para sair com ele todos os dias, duas vezes ao dia. Nesse caso, melhor adotar um cão de pequeno porte ou um gato.

Responda a essas perguntas: Você é capaz de abandonar o pet ao se mudar para uma casa menor ou uma onde o proprietário não aceite animais? Você é capaz de abandonar seu amigo em qualquer outra situação? Se a resposta a qualquer uma delas for sim, por favor, não adote. Nesse caso, cuidar de plantas em vasos ainda é a melhor opção para empregar seu tempo livre.

5. A família tem que ser consultada antes

Todos que vivem na sua casa devem estar de acordo com a adoção e a escolha do animal. Não adianta nada você tomar a decisão sozinho e depois que levou o animal para casa, sua família decidir que ele não tem espaço no coração deles.

O que você vai fazer? Sair de casa levando o animal ou jogar o animal na rua, sozinho e sem cuidados. Ele é sua responsabilidade. Consulte antes seus familiares para não cometer um abandono depois.

Casais, com ou sem filhos, que decidam adotar um animal têm que pensar muito bem em todas as possibilidades. Se o casal se separar, haverá lugar na casa de um deles para o pet? Se a resposta for não, melhor ter um bichinho de pelúcia para chamar de filho.

Toda a família tem que estar disposta a cuidar do animal

6. As alergias

Tem muita gente alérgica que não se importa de ver a alergia piorar. Prefere mil vezes a companhia do pet. Mas, tem gente que não pensa assim. Se você se incomoda demais com suas crises alérgicas a ponto de se livrar do pet, não adote, nem compre um animal.

7. Gravidez, bebês e animais

Gravidez e animais convivem muito bem. Animais e bebês, melhor ainda. Mas, se você não pensa assim, já sabe, desista de ter um pet. Não existe atitude mais covarde do que abandonar ou doar o pet só porque engravidou. E nem a desculpa que o médico mandou cola mais. Afinal, a decisão e a casa são suas, não do médico. E, se o médico não gosta de animais, é ele quem tem que se tratar.

Adoção por impulso não funciona

Outro ponto importante é não adotar por impulso. A adoção tem que ser muito bem pensada para que depois você não se arrependa e queira se livrar do animal.

Portanto, antes de adotar, pondere sobre tudo o que leu acima. Se realmente estiver disposto a adotar um pet, procure um abrigo ou um canil e escolha aquele que falar mais alto ao seu coração. Tenho certeza que vocês serão grandes amigos!

Nada é mais gratificante do que ter um animal de estimação. Mas é sempre melhor escolher o que mais se adapta ao seu estilo de vida

Nada é mais gratificante do que ter um animal de estimação. Mas é sempre melhor escolher o que mais se adapta ao seu estilo de vida. Pense nisso!

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________