• Fonte: Prefeitura de Ilhabela

Cristian Budu e Orquestra Jovem do Estado fazem o grande concerto de encerramento do Festival Verme

Até agora, as apresentações no Festival Vermelhos 2018 reuniram cerca de 5 mil pessoas.

Foto: Divulgação/PMI

Mais um Festival Vermelhos já começa a deixar saudades. Entre as atrações de encerramento, ente os dias 17 e 18 de agosto, está o pianista Cristian Budu e a Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, sob a regência de Cláudio Cruz. Ambas atrações prometem uma grande apresentação no Teatro de Vermelhos, em Ilhabela, no concerto de encerramento da quarta edição do festival Vermelhos – Música e Artes Cênicas, que teve início no último dia 4, transformando o cenário cultural do arquipélago.

O espetáculo de sexta-feira (17), começará às 20h30. César Camargo Mariano (piano), e Ulisses Rocha (violão), se reúnem para uma apresentação em três partes, com concertos solos de piano e violão; ao final do espetáculo, se apresentarão lado a lado, reeditando a sua colaboração em gravações e outros concertos.

Já no sábado (18), às 11h, na Sala do Porão do Teatro dos Vermelhos, acontecerá o espetáculo do Quarteto Carlos Gomes, com a soprano Rosana Lamosa e o cantor e compositor Guinga, com arranjos inéditos de Paulo Aragão. A apresentação celebra o encontro da composição e música de câmara com a música popular. Às 15h, no Anfiteatro da Floresta, dentro da Baia dos Vermelhos, será a vez de Leila Pinheiro, só com piano e voz. Uma das intérpretes mais respeitadas e de maior prestígio do cenário musical brasileiro, levará repertório de clássicos inesquecíveis da MPB, ao lado de releituras de sucessos dos mais diversos gêneros.

A programação de sábado, encerrará às 18h, com a apresentação de Budu, que tocará no palco do Teatro de Vermelhos, o Concerto para Piano de Robert Schumann, mesma obra com que venceu o prestigiado Concurso Internacional de Piano Clara Haskil, realizado em 2013, em Vevey, na Suíça. O programa do concerto conta ainda com uma das peças mais importantes da história da música ocidental, a Sagração da Primavera, de Igor Stravinsky, que no início do século 20 iluminou o futuro da música. Atualmente, Badu é um dos maiores expoentes da nova geração do piano. Nascido em São Paulo, reside em Berlim, foi aluno do Instituto Brincante, de Antônio Nóbrega, e estudou piano com Elsa Klebanowski, Marina Brandão, Claudio Tegg e, na Universidade de São Paulo, com Eduardo Monteiro. Em 2010, venceu o Concurso Nelson Freire, no Rio de Janeiro, e em seguida mudou-se para os Estados Unidos, onde frequentou o New England Conservatory.

Sua gravação das Bagatelas de Beethoven foi a “escolha do editor” na revista inglesa Gramophone; na francesa Diapason, recebeu avaliação máxima, e seu registro de Beethoven foi escolhido para a lista das dez mais interessantes recentes gravações de obras do autor pela Gramophone, que também colocou seu Chopin como um dos dez melhores disponíveis no mercado, ao lado de registros de artistas como Martha Argerich, Arthur Rubinstein, Maria João Pires e Murray Perahia.

Promovido pelo Instituto Baía dos Vermelhos, em um teatro e um anfiteatro incrustados na Mata Atlântica e próximos à praia, o evento, este ano, celebra o centenário de nascimento do compositor norte-americano Leonard Bernstein.

Instituto Baía dos Vermelhos

O Instituto Baía dos Vermelhos, fundado por Samuel McDowell de Figueiredo, é o mantenedor do Centro Cultural Baía dos Vermelhos. Concebido como um programa de integração social, é um complexo e uma instituição de produção e distribuição cultural que está situado próximo à Baía dos Vermelhos (nome que faz referência ao Vermelho, peixe típico da região), em Ilhabela, São Paulo. Os espaços que integram o Centro Cultural são o Teatro de Vermelhos, o Anfiteatro da Floresta e a Residência de Vermelhos, onde são desenvolvidas atividades pedagógicas que promovem a criação e a ampliação de oportunidades no campo das manifestações artísticas e culturais.

Serviço

Os ingressos para os espetáculos estão à venda, e a programação pode ser conferida no site http://vermelhos.org.br/. O festival Vermelhos 2018 é uma realização do Ministério da Cultura, Governo Federal, Prefeitura de Ilhabela e do Instituto Baía dos Vermelhos, com patrocínio da Fundação Galeto’s, Rosset e Klabin.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.

[ Últimas Notícias ]________________________