• G1 Sul do Rio e Costa Verde

Perigo: museus de Paraty funcionam sem licença dos bombeiros

Museu de Arte Sacra e Museu do Forte Defensor Perpétuo ficam no Centro Histórico e não têm documento de segurança.

Museus de Paraty funcionam sem licença do Corpo de Bombeiros

Após seis meses do incêndio que destruiu grande parte do Museu Nacional do Rio de Janeiro, dois museus de Paraty continuam na mesma situação: sem licença do Corpo de Bombeiros.

O Museu de Arte Sacra e o Museu do Forte Defensor Perpétuo ficam no Centro Histórico e não têm o documento de segurança. Segundo o administrador dos dois museus, Julio Dantas, o pedido para conseguir essa autorização já foi feito. Para conseguir essa licença, são necessárias a realização de obras e algumas mudanças.

O administrador informou ainda que a licitação foi feita e o processo já está avançado, mas ainda não há nenhum prazo estabelecido. Um plano de emergência foi criado pra garantir a segurança do acervo e dos visitantes.

Sobre os museus

O Museu de Arte Sacra funciona na Igreja de Santa Rita, cartão-postal do município. O local possui um acervo de peças de barro, madeira e metal dos séculos XVII ao XX. Muitas das peças podem ser vistas pelas ruas do Centro Histórico em festividades católicas.

O Museu do Forte Perpétuo faz parte de uma construção de 1793. Em 1822, após a crise econômica, ele foi reconstruído e recebeu o nome atual em homenagem a Dom Pedro I.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.