• G1 Vale do Paraíba e Região

Número de casos de dengue quase triplica em Caraguatatuba

Devido à alta, prefeitura adotou novas técnicas de combate ao mosquito transmissor da doença.

Número de casos de dengue quase triplicaram em Caraguatatuba; cidade adotou nova forma de combate ao mosquito — Foto: Pedro Melo/TV Vanguarda

Os casos de dengue quase triplicaram no início deste ano em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo. Foram registrados 29 casos, sendo uma morte, entre janeiro e fevereiro de 2019 contra dez casos em todo o ano passado.

Com o quadro alarmante, a prefeitura adotou um novo método de combate ao aedes aegypti, mosquito transmissor da doença. O bairro Caputera, onde dois casos foram confirmados, foi um dos que recebeu a nova forma de combate aos possíveis focos de dengue.

Com o método de nebulização veicular, os agentes do Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) conseguem fazer o bloqueio de até 40 quarteirões no mesmo dia.

“Esse é uma metodologia mais moderna, normatizada pelo Ministério da Saúde, onde você aplica o inseticida diluído em água. É tão eficiente ou mais do que aquele antigo fumacê. Ele é aplicado principalmente no horário da manhã que está mais fresco e é o horário que o mosquito da dengue está mais ativo”, explica Ricardo Fernandes, coordenador do CCZ.

Cuidados

Moradora do bairro, Joelma Beraldo explica que os moradores precisam reforçar a prevenção nas casas. “[Me preocupa] muito. Porque muita gente não tem o cuidado que a gente tem”, disse.

Entenda como funciona o ciclo da dengue e os sintomas dela abaixo.

Arte: G1

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.