• G1 Vale do Paraíba e Região

Ubatuba tem maior acumulado de chuva de SP em 24 horas

Informação é do Cemaden, que tem pluviômetros em todo o estado. Choveu nas últimas 24 h praticamente o esperado para todo o mês. Cidade está em estado de alerta nesta segunda (11).

Chuva causa alagamento nas ruas do bairro Maranduba em Ubatuba. — Foto: Dionísio Antônio / Vanguarda Repórter

Ubatuba foi o município que registrou o maior acumulado de chuva em 24 horas - até 12 h desta segunda (11) -, segundo o Centro de Monitoramento e Prevenção à Desastres (Cemaden). O município está em estado de alerta. Não houve registro de ocorrências pela Defesa Civil, mas há pontos isolados de alagamento.

A estação da Lagoinha, que registrou o maior volume, contabilizou 226,05 milímetros de água, quase o esperado para o mês todo de março - que é 250 milímetros, de acordo com o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec). A média histórica para o mês na cidade é de 320 milímetros.

A previsão é que a chuva continue no estado até a próxima sexta-feira (15). Os meteorologistas explicam que o temporal foi provocado pelo aumento da convergência de umidade aliada a uma área de baixa pressão que atua no estado de São Paulo.

A chuva em Ubatuba superou em indicador pluviométrico o acumulado em municípios como Ribeirão Pires, São Bernardo do Campo, Mauá e São Paulo, onde a chuva provocou mortes e transtornos.

Em Ribeirão Pires, onde choveu 172,82 milímetros nas últimas 24 horas, quatro pessoas morreram vítimas de desabamento. Também foram registradas mortes em Embu, São Bernardo, Santo André, São Caetano e São Paulo.

Em São Paulo, o maior indicador pluviométrico foi captado pela estação Jardim Imperador (zona leste), com 150,95 milímetros em 24 horas. Em São Bernardo, o volume contabilizado foi maior, 177 milímetros no Centro.

Na região, além de Ubatuba, o acumulado de chuva em 24 horas também atingiu quase 200 milímetros em Ilhabela. O arquipélago registrou 199,98 milímetros na região da praia da Armação.

Áreas de risco

De acordo com informações da Defesa Civil de Ubatuba, o monitoramento das áreas de risco está sendo feito e a população será avisada sobre as condições da maré e possíveis riscos de deslizamento e alagamentos.

Mapa do Cemaden mostra, com sinalização em vermelho, locais do estado onde mais choveu nas últimas 24h — Foto: Cemaden/Reprodução

Posts Relacionados

Ver tudo
[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.