• G1 Minas

Vale afirma que começou a realizar pagamentos para moradores de Brumadinho

Moradores dos bairros Parque da Cachoeira e Córrego do Feijão são os primeiros beneficiados.

Equipes de busca no Córrego do Feijão. — Foto: Fabiana Almeida/TV Globo

A Vale, responsável pela barragem de rejeito de minério que se rompeu em Brumadinho, anunciou que começou nesta segunda-feira (18) a fazer os pagamentos emergenciais do acordo preliminar ajustado com os Ministérios Públicos Federal e Estadual, as Defensorias Públicas da União e do Estado e as Advocacias do Estado e da União.

As famílias cadastradas têm direito de receber, durante um ano, um salário mínimo por adulto (R$ 998), meio salário mínimo por adolescente (R$ 499) e o equivalente a um quarto de salário mínimo por criança (R$ 249,50), além de cesta básica de R$ 405.

Segundo a empresa, neste primeiro momento, 800 moradores dos bairros do Córrego do Feijão e do Parque da Cachoeira, as regiões mais impactadas pela lama da barragem, vão receber o pagamento.

Quem ainda não se cadastrou deve procurar a empresa ou os postos de registro montados nos dois distritos. O pagamento emergencial para outras localidades de Brumadinho e até um quilômetro da calha do Rio Paraopeba, de Brumadinho a Pompéu, vai ser definido em audiência com a justiça na quinta-feira.

Clique aqui para saber mais sobre quem tem direito, os locais de cadastro e os documentos necessários para o recebimento.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.