• Fonte: Prefeitura de Ilhabela

Projeto Saúde Verde será apresentado durante 1ª Conferência de Promoção da Saúde da Fundação Oswaldo

A iniciativa da Prefeitura de Ilhabela estimula o plantio de ervas medicinais na Unidade de Saúde Básica da Água Branca.

Foto: Divulgação/PMI

A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Saúde, será representada na 1ª Conferência de Promoção da Saúde da Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz, no dia 9 de abril, no Rio de Janeiro (RJ), com apresentação do projeto Saúde Verde, que estimula o plantio de ervas medicinais na Unidade de Saúde Básica (UBS) da Água Branca, com envolvimento da comunidade.

O programa, que trata “Diálogos da comunidade com trabalhadores SUS: terapêutica integrativa e complementar em Ilhabela”, é de autoria do cirurgião dentista da rede, Antônio Carlos Cardoso Galante e dos funcionários da rede pública de saúde, Fernando Augusto da Silva, Brenda Maura Gonçalves Costa e Rosana Maura Gonçalves Costa.

O projeto foi submetido, anteriormente, a banca examinadora da Fiocruz, e após aprovação foi selecionada para ser apresentada durante a realização da Conferência, que é uma iniciativa do Programa de Pesquisa Translacional em Promoção da Saúde e tem como objetivo incentivar a reflexão sobre os desafios teóricos e práticos da Promoção da Saúde, na perspectiva do fortalecimento do SUS, além de fortalecer as ações desenvolvidas institucionalmente neste campo de atuação

Saúde Verde é direcionada às práticas integrativas e complementares do SUS e além do envolvimento da comunidade, tem parceria com as Secretarias de Educação e Meio Ambiente, Viveiro Municipal e Parque Estadual de Ilhabela. Dentro de suas ações, teve participação dos alunos das Escolas José Benedito de Moraes e José Antônio Verzegnassi e do Grupo Escoteiros Maembipe.

A finalidade do projeto é resgatar a sabedoria popular aliada com o saber científico, estimulando parcerias e vínculos pessoais e coletivos, multidisciplinares e intersetoriais. Introduzindo práticas integrativas e complementares, minicursos e treinamentos, produção de mudas, reaproveitamento do lixo e produção de material orgânico. Direcionando o plantio relacionado ao perfil epidemiológico da população, estimulando o cultivo de plantas medicinais.

De acordo com Antônio Galante, a Fiocruz foi onde nasceu a Saúde Pública no Brasil. A promoção da saúde e prevenção às doenças tiveram seus princípios nessa importante instituição de ensino para acadêmicos e profissionais do Sistema Único de Saúde. “A relevância de um trabalho de saúde de Ilhabela estar representada na Fiocruz é motivo de orgulho dos ótimos serviços de saúde do município”.

Para o prefeito, Márcio Tenório, ter o município representado com projeto promovido pelo Governo numa Conferência realizada pela Fiocruz, fundação vinculada ao Ministério da Saúde, é de enorme relevância. “A Oswaldo Cruz é a mais destacada instituição de ciência e tecnologia em saúde da América Latina. E mais uma vez temos projeto público, representando Ilhabela, transformando-se em difusor de conhecimento cientifico em cenário nacional e mundial”.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.