• Fonte: Prefeitura de Ilhabela

Comtur define melhorias para o turismo de Ilhabela

Os conselheiros opinaram sobre diversos assuntos do setor no município.

Foto: Divulgação/PMI

O Conselho Municipal do Turismo (Comtur) se reuniu, na manhã de terça-feira (16), no auditório do Paço Municipal, para discutir e decidir sobre melhorias para o turismo de Ilhabela.

Entre os assuntos debatidos, o conselho abordou a Missão Empresarial em Gramado, realizada em março. Os participantes relataram a experiência de conhecer o modelo de gestão do turismo da cidade, gerido principalmente pela iniciativa privada. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Ricardo Fazzini, a intensão não é transformar Ilhabela numa Gramado, e sim implementar um modelo de gestão semelhante. “Para isso, precisamos primeiro fortalecer nossas entidades”, pontuou.

Outra pauta discutida foi a participação de Ilhabela na WTM (World Travel Market Latin America), que aconteceu no início deste mês, em São Paulo. A feira ocasionou em importantes resultados, mostrando um posicionamento diferenciado da cidade perante o mercado turístico. Durante o evento, a Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta), anunciou que Ilhabela vai sediar a 16ª edição do Abeta Summit – Congresso Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura. E os alunos do curso de Guia de Turismo da Etec Ilhabela agradeceram ao Comtur pela oportunidade de participar da WTM.

Na ocasião, os conselheiros votaram e aprovaram a alteração na lei do Comtur que modifica o artigo 3°, para a inserção de três cadeiras no Conselho para representantes do setor de transportes, da Sociedade Amigos de Bairro e da Secretaria de Educação. A alteração ainda será encaminhada para a Câmara Municipal para votação dos parlamentares.

Já a cota de patrocínio para renovação parcial da exposição de arte “Paixão – Caminhando no amor, na união e na justiça”, de Gilmar Pinna, pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, foi vetada pelos membros do Comtur. As obras, que se tornaram parte do roteiro turístico em Ilhabela, foram renovadas por um ano pela Secretaria de Cultura e ficaria por dois anos caso fosse aprovada pelos conselheiros. “Eu sou favorável a renovação da exposição, mas o setor hoteleiro, o qual represento, se posicionou contra, por esse motivo o voto da cadeira é pela não renovação”, explicou o secretário executivo do Conselho, Sidney Covas.

O Comtur também avaliou a compra ou locação dos píeres do terminal de desembarque de passageiros de cruzeiros. O novo modelo que permite o desembarque simultâneo e independente dos navios foi aprovado pelas companhias. Agora os conselheiros devem decidir se a Prefeitura continua alugando a estrutura a cada temporada ou se adquire a estrutura.

Para o prefeito Márcio Tenório, é necessário fomentar a participação do Comtur nas decisões do turismo no município. “É importante que todos sejam ouvidos para fazermos uma cidade melhor, e através dos Conselhos isso é possível”, afirma.

A próxima reunião do Conselho Municipal do Turismo está prevista para o dia 7 de maio, no auditório do Paço Municipal.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.