• Da Redação

Posse responsável de um coelho também exige comprometimento

Coelhos precisam de cuidados específicos diferentes de cães e gatos e tem jeito certo para cuidar deles. Se você foi presenteado na Páscoa com um deles, confira alguns dos cuidados básicos no dia a dia dessas fofuras.

Foto: Divulgação

Toda Páscoa é aquela enxurrada de coelhinhos invadindo os lares. E todo ano, essa admiração passa alguns dias depois do domingo de Páscoa e o que se inicia logo depois pode ser descrita, na maioria das vezes, como a dura vida de um coelho. Alimentados inadequadamente, aprisionados em gaiolas e dando o trabalho que um ser vivo exige, a maioria ou morre doente e deprimida ou é abandonada em parques e áreas verdes, colocando os coelhos como a terceira espécie de animal de estimação mais abandonada no país.

Seja pela atividade, pelo comportamento, pelo trabalho exigido ou pelo fato de alguns comerem as próprias fezes, depois de alguns meses, os pais ou quem foi presentado com um deles, desiste de ser um tutor responsável.

É sempre bom ter em mente que coelhos bem cuidados, com alimentação adequada e balanceada e cuidados veterinários quando necessário costumam viver entre 8 e 10 anos. Isso mesmo! Eles são frágeis, podem até morrer de um simples susto, mas podem viver quase uma década. Já os coelhos abandonados ou que não são cuidados da maneira correta podem viver entre 2 e 3 meses.

Mas, se você foi presenteado com um coelho e abraçou a tarefa de ser um tutor responsável é bom saber, pelo menos, alguns dos cuidados básicos que eles necessitam.

  1. Visita ao veterinário especialista em silvestres. Nem sempre o animal, que passou um bom período numa gaiola de pet shop, está em boas condições de saúde, por isso, a visita ao veterinário para exames e consulta é o primeiro passo para a chance de uma boa e longa vida do coelho. E essa visita também é para o tutor obter todas as respostas para as suas dúvidas de como criar um coelho. Não se acanhe em perguntar, mesmo que ache que a pergunta é boba. Se você tem dúvida, ela deve ser esclarecida.

  2. Alimentação adequada e balanceada que deve conter ração própria para coelhos, verduras e legumes limpos e frescos (atenção: alface, repolho e couve-flor são proibidos), feno e alfafa em pequenas quantidades.

  3. Coelhos não precisam de vacinas e antipulgas como cães e gatos, mas a administração de vermífugos, prescritos pelo veterinário, é necessária a cada 6 meses.

  4. Higiene é fundamental. O lugar em que o coelho vive, dorme e se alimenta deve estar sempre limpo. Comedouros e bebedouros devem ser lavados uma vez ao dia. A água deve ser trocada diariamente. Os banhos podem ser dados com shampoos para cães e as unhas devem ser aparadas periodicamente. A areia higiênica deve ser trocada todos os dias.

  5. Os dentes incisivos superiores nunca param de crescer. E é por isso que eles roem bastante. Ofereça regularmente pedras e madeiras específicas para esse fim que são vendidas em pet shops.

  6. Como não existem vacinas para as principais doenças que acometem os coelhos, as visitas ao médico veterinário precisam ser mais frequentes, a cada 6 meses.

  7. Ao contrário do que todo mundo pensa, eles não vivem bem em gaiolas, podendo entrar em depressão e morrer. Coelhos são bastante ativos e necessitam de, pelo menos, 30 minutos de exercício diário. Dependendo do temperamento do animal, esse tempo pode ser insuficiente, por isso, é fundamental que o tutor observe o animal para descobrir o quanto de exercício ele necessita. Um espaço amplo, que ofereça oportunidade de correr e brincar, inclusive com rampas é o ideal. Deixá-lo no jardim uma parte do tempo pode ser uma boa ideia, mas é preciso que essa adaptação seja feita aos poucos, para não estressar o animal.

  8. Antes de deixa-lo solto pela casa é preciso que haja uma adaptação, ainda mais se no local houver outros animais. Eles precisam se sentir seguros. Portanto, nunca force a situação. Eles são frágeis e podem morrer de susto. Se o animal não se sentir à vontade para explorar o ambiente, respeite.

  9. Como todo pet, coelhos adoram colo e carinho. Não existem restrições quanto à quantidade, no entanto, o temperamento do animal deve ser respeitado.

  10. Coelhos precisam de companhia, mas se reproduzem rápido. Por isso, a atenção do tutor é fundamental no caso de ter um casal em casa.

  11. Brinquedos são ótimas opções para passar o tempo e evitar que o animal fique deprimido. Alguns gostam de arremessar objetos e correr para pegar, outros, de rasgar panos e papel e existem ainda os que gostam de derrubar coisas. Observe o comportamento do seu coelho para poder escolher os brinquedos certos para ele.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.