• Fonte: Prefeitura de Ubatuba

CERE Itamambuca dá início ao Projeto Liga Norte, em Ubatuba

Entre as diversas atividades e oficinas oferecidas pelo Projeto Liga Norte, destaca-se a implementação, nas escolas municipais, da “Tecnologia Social de Monitoramento Mirim Costeiro”, voltada a promover o envolvimento dos alunos e das escolas com o monitoramento da qualidade ambiental das praias e rios da região.

Foto: Divulgação/PMU

O Centro Esportivo e Recreativo (CERE)-Itamambuca deu início, nesta quinta-feira, 25, ao Curso de Formação de Educadores sobre Tecnologia Social de Monitoramento Mirim Costeiro. A iniciativa capacita biólogos e oceanógrafos para atuar com as crianças que farão parte do programa.

Entre as diversas atividades e oficinas oferecidas pelo Projeto Liga Norte, destaca-se a implementação, nas escolas municipais, da “Tecnologia Social de Monitoramento Mirim Costeiro”, voltada a promover o envolvimento dos alunos e das escolas com o monitoramento da qualidade ambiental das praias e rios da região. No total, serão 100 estudantes que receberão instrução direta dos participantes do curso.

O treinamento dos profissionais tem 15 horas de duração e vai abordar temas como apresentação da tecnologia social de monitoramento mirim, histórico do desenvolvimento da tecnologia social, embasamento pedagógico e metodologia de ensino, formação geológica e características dos ecossistemas marinhos- costeiros, além de promover saída de campo para aula prática em Itamambuca. Um dos módulos também contará com a apresentação do projeto para o corpo docente das quatro Escolas Municipais diretamente beneficiadas.

Saiba mais sobre o projeto

O Projeto Liga Norte, viabiliza a realização de oficinas culturais, esportivas e socioambientais para mais de 500 crianças e jovens da região Norte de Ubatuba. Trata-se de uma iniciativa do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Ubatuba (CMDCA) e será realizado pelo Centro esportivo e Recreativo (CERE)-Itamambuca, em parceria com as Secretarias Municipais de Educação e de Assistência Social. Com orçamento de quase meio milhão de reais, provenientes do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, o projeto será desenvolvido junto aos alunos da rede municipal de ensino com atividades durante o turno e o contraturno escolar.

Posts Relacionados

Ver tudo
[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.