• Fonte: Prefeitura de São Sebastião

São Sebastião apoia festival de artes com atrações internacionais

Ao todo, são mais de 30 eventos, entre espetáculos, oficinas e debates, exibidos por artistas da Espanha, Chile, Colômbia, Argentina e Brasil.

Foto: Divulgação

São Sebastião recebe, de 10 a 25 de maio, o Festival de Artes do Litoral Norte (FELINO), evento que reúne manifestações populares e contemporâneas como circo, música e teatro, em breve panorama das artes cênicas ibero-americanas.

A programação, com apresentações nas quatro cidades do Litoral Norte, conta com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Fundação Educacional e Cultural “Deodato Sant'Anna” (Fundass), com curadoria do Circo Navegador de São Sebastião.

Ao todo, são mais de 30 eventos, entre espetáculos, oficinas e debates, exibidos por artistas da Espanha, Chile, Colômbia, Argentina e Brasil. Na cidade, as atrações acontecem no Teatro Municipal, Espaço Cultural Circo Navegador e Rua da Praia.

Com recursos da Fundação Nacional de Artes (Funarte) e Fundo de Ajuda para as Artes Cênicas Ibero-Americanas (Iberescena), o FELINO tem entrada gratuita. Para saber mais e conferir a programação nas quatro cidades do litoral norte, acesse o link.

Confira a programação:

10/05 – Sexta-feira, às 20h, no Teatro Municipal*

“Soquete Besti-al” - Teatro El Faro - Chile

Circo e teatro se entrelaçam na atuação de Tony Soquete, em pequenas histórias sobre a inocência e a estupidez humana. Um concertista, um turista, um assassino e um vendedor de sonhos tem as suas vidas entrelaçadas e suas trajetórias fazem deste espetáculo um entretenimento que sensibiliza e faz pensar.

11/05 – Sábado, às 20h no Teatro Municipal*

“Un Golpe a la Tristeza” - Circo Medellin - Colômbia

Carlos Alvarez criou Caliche, um personagem carinhoso e brincalhão, para dar um golpe na tristeza. Ele, mesmo adulto, conserva a inocência de uma criança e traz em uma maleta poderosa, de cor verde-esperança, muitas surpresas, tem até um cometa que faz conexões com o céu. Risadas e encantamento garantidos.

18/05 – Sábado, às 20h no Teatro Municipal

“Carpe Diem, A vida em um zeptosegundo” - Corpo de Baile de Caraguatatuba. O premiado Corpo de Baile de Caraguatatuba apresenta a peça baseada na Ode a Leucone, de Horácio, conhecida principalmente por seu último verso, “Carpe Diem!”. A ideia é viver intensamente o presente, sem dar tanta importância ao passado ou ao que virá. O zeptosegundo é o menor fragmento de tempo já registrado.

22/05 – Quarta-feira, às 20h, no Espaço Cultural Circo Navegador

“Pensar com os Pés” e “Rito de Partilha” - Contadores de Mentira - Brasil

Em “Pensar com os Pés” a companhia Contadores de Mentira traz para o palco o processo de criação coletiva do grupo. O resultado é uma experiência de teatro sempre estudada nas universidades, onde os atores transmitem para o público sentimentos e histórias de uma forma bem diferente. Em “Rito de Partilha” a atriz Daniele Santana exercita um teatro de vivências, rito e celebração, ao se envolver realmente com um tema e não apenas apresentar a dramaturgia da razão.

23/05 – Quinta-feira, às 14h, no Espaço Cultural Circo Navegador

Oficina de Teatro de Formas Animadas e Bonecos - Cia Caravan Maschera

A oficina vai mostrar as diversas técnicas que são utilizadas pela Cia Caravan Maschera para manipulação de bonecos, como foco, eixo e triangulação, além de dramaturgia visual. Na peça “Vigiar e Punir” a Cia coloca no palco 12 bonecos manipulados por dois atores. Como é feito isso e a iluminação especial, também são temas dessa oficina.

24/05 – Sexta-feira, às 19h30, no Teatro Municipal

“Vigiar e Punir” - Cia Caravan Maschera - Brasil

O espetáculo é uma adaptação da obra do francês Michel Foucault e utiliza marionetes inspiradas nos quadros de Goya e nas imagens de Bosch para provocar reflexão sobre o conceito de normatividade. Mostra como os conceitos de punição e vigilância evoluíram na sociedade contemporânea, utilizando humor sarcástico, poesia visual e formas animadas para tocar o público de maneira mais sensitiva e emotiva.

25/5 – Sábado, às 16h, na Rua da Praia (em frente à Casa da Cultura)

“Quixotes” - Circo Navegador - Brasil

Uma dupla de atores mambembes entra no palco para contar a história do cavaleiro que acredita poder consertar o mundo. Durante a narrativa, as aventuras e desventuras escritas por Cervantes se misturam com a própria trajetória dos personagens. E como na obra original, eles assumem as características mais nobres um do outro. Esse movimento é percebido pelo público, que se identifica e sente as duas faces que habitam em cada um de nós.

25/05 – Sábado, às 20h, no Espaço Cultural Circo Navegador*

“Quijote Popular” - Teatro Búfalo - Chile

O clássico Don Quixote de La Mancha, de Cervantes, é apresentado de uma forma bem diferente: traz um autor que se encontra em crise, é o sentimento de um escritor frente à sua criação. A Cia chilena é especializada em realizar versões contemporâneas dos clássicos da literatura que envolvem pessoas ou fatos dignos de serem lembrados e destacados no âmbito da educação, da cultura e da mitologia.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.