• Fonte: Prefeitura de Caraguatatuba

Violência e abuso sexual são temas de palestra para adolescentes e adultos em Caraguatatuba

O evento fez parte da ação realizada pela Prefeitura de Caraguatatuba e pelo Comitê Municipal de Vigilância à Violência (Comviv) em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio).

Foto: Claudio Gomes/PMC

Jovens, adolescentes e adultos puderam participar ontem (16/05) da palestra “Conscientização e Prevenção ao Abuso e à Exploração Sexual contra Criança e Adolescente”, ministrada pela psicanalista Julia Barany, no Teatro Mário Covas.

O evento fez parte da ação realizada pela Prefeitura de Caraguatatuba e pelo Comitê Municipal de Vigilância à Violência (Comviv) em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio).

A palestra foi dividida em dois momentos, no período da tarde os alunos de cinco escolas estaduais do município puderam aprender um pouco sobre os diversos tipos de violência, a identificar armadilhas de abusadores e desenvolver medidas protetivas contra violência, entre outros aspectos. Os adolescentes também se divertiram com a apresentação do rapper Mano Azul, que falou sobre superação e coragem para lutar por seus sonhos.

Já na parte da noite, a palestra foi voltada para o público adulto, agentes de saúde, professores, pedagogos e supervisores de ensino. Dra Julia Barany falou sobre aspectos mais técnicos de como identificar possíveis abusos, suas fases, tipos de ajuda que a vítima precisa, tratou sobre o perfil do abusador e também falou sobre negligência e consequências do abuso. A supervisora de ensino da Secretaria de Educação, Maristela Sevilhano, gostou bastante da palestra. “Trabalhamos diretamente com crianças e adolescentes, muitos em vulnerabilidade e ficamos muito preocupadas com a realidade deles. Precisamos estar cada vez mais preparadas para ajudar e saber como intervir em muitos casos. Essa palestra foi muito importante”, comentou.

Estavam presentes, a secretária adjunta de Saúde, Derci Andolfo, a presidente em exercício do COMVIV, Cilmara Oliveira dos Santos e da presidente do Conselho Municipal da Condição Feminina, Paula Pereira, além de membros do Conselho Tutelar. De acordo com Derci, é preciso cada vez mais abrir espaços para se discutir esse tema. “Precisamos trabalhar em rede visando a integração dos nossos serviços. É um assunto de extrema importância, por isso o prefeito Aguilar Junior tem um olhar bastante especial e nos cobra muito que façamos não só o atendimento às vítimas de abuso, mas principalmente que possamos trabalhar na proteção delas”, destacou a secretária.

A animação do evento ficou por conta da Banda Menorah e do rapper Mano Azul.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.