• Fonte: Prefeitura de Caraguatatuba

Praça do Artesão é opção de lazer e compras de artesanatos tradicionais caiçaras

O local é muito visitado por turistas e também moradores, que estão à procura de alguma lembrancinha que represente a cidade ou até mesmo, belas peças criadas pelos artesãos locais.

Foto: Marcos Bonello/PMSS

O artesanato caiçara surgiu inicialmente para atender as necessidades cotidianas das comunidades, confeccionando peças com técnicas centenárias feitas de taboa, caxeta, tecidos e cerâmica.

Valorizando a cultura caiçara e os artesãos da cidade, a Prefeitura de São Sebastião concede à esses artistas os quiosques da Praça do Artesão, localizados no Complexo Turístico da Rua da Praia, no Centro Histórico do município.

O local é muito visitado por turistas e também moradores, que estão à procura de alguma lembrancinha que representa a cidade ou até mesmo as belas peças, bolsas de taboa, artesanatos com fibras naturais, bonecas caiçaras de pano, barquinhos de caxeta e produtos estampados com o famoso “peixinho”, símbolo oficial do turismo de São Sebastião, criado pela artista Leslie Amaral.

A artesã e presidente da Associação Sebastianense dos Artesãos e Artistas Plásticos de São Sebastião, Julieta Leite, afirmou que o reconhecimento da prefeitura com os artistas é o que mais os incentiva. “Trabalho há 30 anos na cidade, produzindo artesanatos com materiais recicláveis. Como já presenciei várias administrações aqui em São Sebastião, essa gestão especificamente é a que mais está nos apoiando quanto artesão local, valorizando nosso trabalho. O carinho e o cuidado que a prefeitura nos proporciona é o essencial para que nos motive ainda mais”, disse.

A prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo (Setur), também está preparando uma programação cultural para movimentar a praça. Neste feriado prolongado de Corpus Christi, os indígenas se apresentarão no local, e no próximo fim de semana, de 28 a 30/06, os aprendizes das oficinas culturais de dança, ministrada pela artista orientadores Michele Nunes, farão apresentação de dança caipira.

A Praça do Artesão conta com 51 espaços de vendas de artesanatos, sendo todos os artistas credenciados na Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades (Sutaco). Os indígenas também têm um quiosque para exposição dos artesanatos confeccionados por eles mesmos. O local fica aberto todos os finais de semana, de sexta-feira à domingo, sempre das 17h à 1h da manhã. Durante os feriados e época de temporada, os artesãos abrem os quiosques todos os dias, no mesmo horário, das 17h à 1h da manhã.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.