• Fonte: Prefeitura de São Sebastião

Corujão Municipal de São Sebastião já atendeu 370 pacientes com fisioterapia ortopédica

Segundo a Secretaria de Saúde, até agosto cerca de 700 pacientes ainda serão contemplados.

Foto: Luciano Vieira/PMSS

A Prefeitura de São Sebastião está realizando o Corujão Municipal da Saúde, que tem como objetivo zerar a fila de espera para realização de fisioterapia ortopédica no município.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o Corujão já realizou 370 atendimentos a pacientes que estavam aguardando o agendamento na fila de espera. Ainda de acordo com a secretaria, aproximadamente 700 pacientes serão contemplados com o atendimento, que seguirá até agosto.

Os procedimentos estão sendo realizados na unidade do Centro de Reabilitação Topolândia, em horário estendido das 17hs às 21hs, de segunda a sexta-feira, com uma equipe de seis fisioterapeutas e enfermeiros. A unidade de Reabilitação da Costa Sul também já está trabalhando em horário estendido aos sábados e sextas-feiras para zerar a demanda da Costa Sul, através do grupo de dor crônica.

A paciente Márcia Francisca Rosa, conta como o Corujão está sendo essencial para o seu tratamento. “Eu estava na fila de espera e agora que fui chamada o tratamento está me ajudando muito, pois está aliviando as dores do meu braço que eu estava sentindo”, disse.

Além do Corujão, a Prefeitura também está realizando trabalhos de reforma e ampliação do Centro de Reabilitação, da Topolândia, que visa melhorar a área dedicada à Fisioterapia Ortopédica e a criação de um novo espaço sensorial de estímulo voltado aos pacientes com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Segundo a Fundação de Saúde Pública de São Sebastião (FSPSS), as obras devem contribuir para aumentar em 50% o número de atendimentos de fisioterapia. As novas instalações visam ainda proporcionar melhores condições de trabalho aos profissionais e de atendimento aos pacientes.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.