• Fonte: Prefeitura de São Sebastião

São Sebastião inicia campanha de adoção com entrega protegida

O objetivo é apoiar a adoção, mesmo durante a gravidez, como forma de proteção contra o abandono.

Foto: Divulgação/PMSS

A Vara Central da Infância e da Juventude da cidade de São Paulo divulgou que ao menos dois bebês são abandonados, semanalmente, por mães dentro do próprio hospital, antes mesmo de receberem altas. Por isso, a Prefeitura de São Sebastião lançou a campanha “Entrega Protegida”, que apoia a adoção, mesmo durante a gravidez, como forma de proteção contra o abandono.

Segundo o secretário de Saúde, Wilmar do Prado, o objetivo é informar e conscientizar mães e gestantes de que a entrega é um ato legal. “Não queremos estimular a doação de crianças, mas sim protegê-las de um aborto clandestino, venda e abandono, porque isso sim é crime”, explicou.

Ainda segundo o secretário, a falta de informação é um dos principais empecilhos para que a doação seja efetivamente realizada. “A campanha visa provocar uma reflexão na sociedade sobre o preconceito e a desinformação em torno do assunto, e garantir apoio integral às mães e gestantes que desejam entregar seus filhos para adoção em detrimento de abandoná-los”, concluiu.

A Secretaria de Saúde (SESAU), a Fundação de Saúde Pública e Hospital das Clínicas estão fixando placas em locais de fácil visualização com informações atualizadas da Vara da Infância e da Juventude da Comarca, órgão competente para o atendimento.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.