• Fonte: Prefeitura de Caraguatatuba

Curso do Fundo Social de Caraguatatuba desperta a formação de cooperativa

O foco do trabalho da cooperativa é resgatar a cultura caiçara por meio do artesanato, com a confecção de peças em formato de animas ou plantas.

Foto: Divulgação/PMC

Mais do que gerar renda, os cursos do Fundo Social de Solidariedade de Caraguatatuba têm despertado em ex-alunos a mobilização de grupos para a criação de cooperativa.

Como é o caso do aposentado Giovani da Silva, de 58 anos, que viu no curso de Serigrafia a oportunidade de poder ajudar a comunidade em que vive no bairro Massaguaçu. Ele conta que a ideia começou durante a oficina e desde então houve uma mobilização.

“Agreguei à minha ideia, vizinhos e outros interessados e partimos para o ramo de artesanato, pois conseguiríamos utilizar diversas técnicas em apenas uma área. Com dois meses de formação, nossa cooperativa tem 15 membros e aberta a novos integrantes”, explicou Giovani.

Desde então a cooperativa de artesanato já participa de feiras livres no bairro Massaguaçu, às terças-feiras e no bairro Capricórnio, toda sexta-feira, além de exposições por toda a cidade.

As peças confeccionadas são de artesanato em feltro, em madeira, tecido e materiais reutilizáveis, a maioria de matéria prima da natureza, como conchas e folhas.

Giovani conta que o foco do trabalho da cooperativa é resgatar a cultura caiçara por meio do artesanato, com a confecção de peças em formato de animas ou plantas.

“Fazemos peças em formato de tartarugas, corujas, peixes, pássaros, diversos animais. Direcionamos a produção para temas locais. Com a venda dos produtos, 20% do valor arrecadado fica na cooperativa e 80% para o artesão da peça. Aos poucos vamos nos estruturando e um vai ajudando o outro”, destacou Giovani.

O ex-aluno ainda explica que o logo da cooperativa foi criado com conceitos adquiridos durante as aulas de Serigrafia. “As cores frias embaixo representam o chão da cidade e as cores quentes em cima, a impressão de horizonte e amplitude. A árvore foi criada com a técnica de pintura com carimbos”, disse.

Como prova da dedicação e foco do grupo, a Igreja Nossa Senhora da Visitação no bairro Massaguaçu convidou a cooperativa para coordenar a tenda de artesanato da Festa de São Pedro Pescador, que será realizada de 27 a 30 de junho, na Praça José Marques de Mello, no bairro Massaguaçu.

Interessados em participar da cooperativa ou convidar para exposições podem entrar em contato com o Giovani por meio do telefone (12) 98829-8089.

Foto: Divulgação/PMC

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.