• Da Redação

Vacinação é a forma mais eficaz de garantir a saúde de seu pet!

As vacinas para cães e gatos são fundamentais para garantir que o pet fique livre das principais doenças que comprometem a saúde e o bem-estar dele e de sua família, já que algumas das doenças que elas previnem são também zoonoses, ou seja, doenças que podem ser transmitidas dos animais para os seres humanos.

As vacinas para cães e gatos são fundamentais para garantir que o pet fique livre das principais doenças que comprometem a saúde e o bem-estar dele e de sua família, já que algumas das doenças que elas previnem são também zoonoses, ou seja, doenças que podem ser transmitidas dos animais para os seres humanos.

A vacinação previne várias doenças causadas por vírus ou bactérias. Cães e gatos possuem protocolos básicos de vacinação:

Cães

O protocolo básico inclui a Vacina V-10 (que protege contra cinomose, parvovirose, coronavirose, leptospirose, hepatite, adenovirose, entre outras doenças) e a vacina antirrábica (que imuniza o pet contra a raiva animal).

Dependendo do local em que o cão vive, outras vacinas podem fazer parte do protocolo vacinal, a critério do médico veterinário, como a vacina contra Leishmaniose Viceral Canina.

Outra vacina muito importante é a que protege o animal contra a Gripe Canina/Tosse dos Canis causada pela bactéria Bordetella Bronchiseptica. A Gripe Canina tem maior incidência nos meses mais frios e secos do ano. Em animais idosos ou imunossuprimidos ela pode ser porta de entrada para infecções mais sérias e fatais.

Gatos

O protocolo básico de vacinação dos gatos inclui a vacina múltipla e a vacina antirrábica.

A vacina múltipla pode ser encontrada em três tipos: as Tríplices/V3 (que protegem o animal contra panleucopenia, rinotraqueíte e calicivirose), as Quádruplas/V4 (que imunizam contra panleucopenia, rinotraqueíte, calicivirose e clamidiose) e as Quíntuplas/V5 (que protegem contra rinotraqueíte, calicivirose, panleucopenia, leucemia felina e clamidiose). Mas atenção, não são todos os gatos que podem ser vacinados com a vacina Quíntupla. Por isso, é fundamental que todo gato antes de ser vacinado passe por avaliação com o médico veterinário.

Outra vacina importante para os gatos é a Vacina contra a Leucemia Felina (FeLV).

Prima-vacinação

A prima-vacinação é quando o animal recebe o primeiro protocolo de vacinação da vida. Os filhotes recebem geralmente 3 doses da vacina múltipla e 1 dose da vacina antirrábica. Animais adultos (após 1 ano de idade) podem receber apenas 2 doses das vacinas múltiplas e 1 dose da vacina antirrábica. Isso vale para animais resgatados ou adotados que não se sabe se foram vacinados quando filhotes ou não.

Tanto para cães quanto para gatos, após a prima-vacinação, todas as vacinas precisam de doses de reforço anuais.

Mais animais vacinados, menor circulação do vírus

Quanto mais animais forem vacinados, maior será a restrição para a circulação do vírus, por isso, vacinar é muito importante. Além de proteger o animal que está sendo vacinado, também reduz o âmbito de circulação de vírus e bactérias, incluindo os que causam algumas zoonoses (doenças que podem ser transmitidas dos animais para os seres humanos) como a raiva.

E quanto menos agentes circulando, mais proteção para os animais e também para as pessoas que convivem com eles.

Coloque sempre a saúde do seu pet e de sua família em primeiro lugar.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.