• Fonte: Prefeitura de Ubatuba

12 atrações que valem a pena conhecer na região centro-oeste de Ubatuba

Essa é uma região especial porque abriga desde uma das praias menos movimentadas, lindas e preservadas, até uma das praias mais populares da cidade – o “point do verão”.

Praia Grande - Foto: Adriane Ciluzzo

A lista desta semana traz 12 dicas de atrações bacanas para visitar na região centro-oeste de Ubatuba. De antemão, já avisamos: deixamos os prédios e locais históricos para uma outra ocasião então, hoje, você vai encontrar um roteirinho bem “good vibes”.Essa é uma região especial porque abriga desde uma das praias menos movimentadas, lindas e preservadas, até uma das praias mais populares da cidade – o “point do verão”.

Praia do Cedro

Praia do Cedro - Foto: Adriane Ciluzzo

Como já mencionado na abertura desse texto, é uma praia para quem curte menos badalação aliada a uma vista incrível. A Praia do Cedro é uma das mais indicadas para a prática de modalidades aquáticas de ecoturismo – mergulho/snorkeling. Apresenta uma pequena faixa de areia branca e fofa, que dividem espaço com muitas rochas grandes por toda praia. Além disso, moradores locais utilizam a baía do Cedro para cultivar mexilhões.

O local não possui estrutura turística, apenas um pequeno bar de praia, por isso vá preparado e, também, não esqueça de trazer seu lixo de volta para o descarte de maneira correta.

Praia Grande

Praia Grande - Foto: Adriane Ciluzzo

Famosa, badalada, o point do verão onde todo mundo se encontra. Conhecida por seus quiosques, condomínios e por ser um dos picos do surfe na cidade, a Praia Grande é uma das mais frequentadas na cidade, ja chegou a sediar etapas de campeonatos nacionais de Surfe profissional como o SUPER SURFE. Com certeza você já passou por ela em algum momento, pois ela não passa despercebida – é muita gente!

Dica: o mirante da Praia Grande é um lugar super bacana de visitar também. De lá você avista toda a extensão da praia, além de render fotinhos bem legais.

Caisão

Caisão - Foto: Divulgação/PMU

O Cais do Porto, também chamado de “Caisão de Ubatuba”, é um local onde as pessoas costumam ir para mergulhar e, também, para apreciar o fim de tarde. Sem contar os amantes da pesca, que marcam presença nas redondezas. A estrada que liga o Itaguá ao Caisão é um trecho que também é muito utilizado para quem curte praticar esportes como corrida ou andar de bike.

Há quem diga – e possa até provar- que é possível avistar tartarugas marinhas dali. Mesmo se isso não acontecer durante sua visita, a paisagem já faz valer a pena…. com uma boa companhia então…. nem que seja a sua própria: é incrível!

Ponta grossa

Para se chegar ao local, é preciso passar pela passa pela praia do Tenório, Vermelha e continuar em frente após a praia do Cedro. De lá, é possível avistar as ilhas do norte.

No local, há um farol, construído em 1932 (por se tratar um ponto estratégico), para orientar todos os navegantes de alto mar e os que estão próximo à orla.

Coloca um “descobridor dos sete mares” na playlist e sinta a energia sensacional do lugar!

Projeto Tamar

Tartarugas no Projeto Tamar - Foto: Adriane Ciluzzo

O projeto Tamar já tem tradição no Brasil e é mundialmente reconhecido como uma iniciativa que visa promover a recuperação das tartarugas marinhas (e ecossistema marinho e costeiro), desenvolvendo ações de pesquisa, conservação e inclusão social, aliada à educação ambiental e desenvolvimento local sustentável.

Ubatuba foi a primeira base instalada pelo Tamar em área de alimentação das tartarugas marinhas no litoral brasileiro é o segundo maior centro de visitantes do Brasil. É a única no Estado e uma das mais importantes, ao lado de Fernando de Noronha e Praia do Forte.

Durante as férias, o local oferece uma programação específica aos visitantes, principalmente, para quem tem crianças. Mais informações Tel: (12) 3832-6202 / 7014 / 4046. E-mail tamaruba@tamar.org.

Praça Capricórnio

Não amigos, não é um local destinado à astrologia – o nome vem do trópico de capricórnio – que é um dos cinco principais círculos de latitude que marcam os mapas da Terra. Neste caso, ele delimita a zona tropical sul. Além de marcar o limite de inclinação dos raios solares auxiliam na localização geográfica e na compreensão sobre a dinâmica climática.

Ubatuba é a primeira cidade com concentração populacional do globo na linha do Trópico de Capricórnio – e recebe, também, os primeiros raios de sol celebrando a chegada do verão.

Hoje, a praça é um local de realização de eventos, confraternização e encontro de “tribos”, pois o local é propício para a prática de esportes, contando com uma pista de skate, tabelas de basquete, além de ser perto do aeroporto – que reúne paraquedismo e aviação.

Rua Guarani

Rua Guarani - Foto: Adriane Ciluzzo

Para quem quer praticidade e a sensação de estar em uma área bem urbana em meio ao clima praiano, a rua Guarani é um dos lugares mais indicados.

Ali concentram-se vários estabelecimentos, como restaurantes, bares e lojas, sem contar alguns meios de hospedagem para quem quer andar pouco e ficar próximo à região central.

Aconchegante, charmosa e romântica, à noite é um dos locais mais movimentados do município. É o tipo de lugar delícia que te faz sentir em casa.

Farol da Barra

Farol da Barra - Foto: Adriane Ciluzzo

Não importa se é “farol do Cruzeiro”, “farol da orla” ou “farol da Barra” (desculpa, Bahia kkkk) – é possível acessar pela feira de artesanato, próximo à ponte do Perequê-Açú. Barra faz referência à barra ou Vila dos Pescadores, localizada nas proximidades.Muita gente gosta de ir lá para pescar, outras, só para contemplar a vista mesmo.

Lugar para se visitar a qualquer hora do dia e, também, belo cenário para fotinhos.

Feira de artesanato

Conhecida, também, como “feira hippie”, o conjunto de lojinhas que tem um pouquinho de tudo é um dos locais que, principalmente quem visita Ubatuba, não deixe de visitar.

Lá você encontra praticamente de tudo e ainda aproveita para saborear algumas guloseimas dos trailers das proximidades…

Mirante do centro

Foto: Divulgação/PMU

Na região central do município, a caminho do Morro da Prainha, há uma espécie de mirante com vista para a Praia do Cruzeiro. Nele, há uma imagem de São Pedro Pescador, padroeiro dos pescadores…

A vista lá de cima é tão linda ♥

Poço Verde

O Poço Verde fica no bairro Horto, a estrada principal do bairro é denominada cachoeira dos macacos e, por isso, o local também ficou conhecido pelo mesmo nome. O acesso é feito por uma rua asfaltada, na altura do km 89,6, antes da ponte da Estação Experimental do Horto.

Conta-se que ali era habitado por muitos macacos. Apesar de não apresentar uma queda d’água tão exuberante, a água cristalina, as piscinas naturais e a fauna local tornam o cenário muito atraente…

Pra lavar a alma, vale à caminhada…. não vale?

Cachoeira do Ipiranguinha

Foto: Divulgação/PMU

Um dos bairros mais populosos e populares de Ubatuba abriga uma lindíssima cachoeira de fácil acesso. Lá você vai encontrar águas cristalinas cuja queda formam um poço natural. É preciso atenção quanto à profundidade em alguns pontos – além disso, muita gente vai ao local pois há uma pedra que serve como uma espécie de escorregador, garantindo a diversão dos visitantes.

Não tem como não renovar as energias… e nos mostra, mais uma vez, que Ubatuba não é só água salgada.

É amigos, estamos em um pedacinho de paraíso que reúne atrações e locais para todos os gostos e públicos então, não tem como não amar…. Mas não basta só se apaixonar, precisamos da sua ajuda e colaboração para preservar esse patrimônio rico em cultura, fauna, flora e beleza…

Posts Relacionados

Ver tudo
[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.