• Eduardo Cesar

Abeta Summit 2019 reforça posição de destaque de Ilhabela no mapa do turismo de natureza no Brasil

Participantes do Congresso Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura se encantaram com as belezas da ilha e deixaram o evento, encerrado domingo (18), com a promessa de divulgar a cidade em suas regiões.

Luiz del Vigna, da Abeta, agradeceu o apoio da comunidade de Ilhabela ao evento - Foto: Márcio Mecca/Seppia

Por cinco dias, Ilhabela foi o coração pulsante da ecoturismo e turismo de aventura do Brasil. Durante o Abeta Summit 2019, encerrado domingo (18), mais de 400 profissionais de diversas partes do país discutiram os rumos para o futuro do setor, trocaram experiências e tiveram a oportunidade de conhecer o arquipélago do litoral norte do estado de São Paulo, famoso como a capital da vela e também reconhecida por suas belezas naturais tanto no mar como na terra. O Congresso Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura foi promovido pela Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo. O investimento promete render frutos para a cidade, que encantou guias e condutores de atividades em ambientes naturais, operadores, gestores públicos e privados, consultores, acadêmicos, ativistas, entre outros participantes. Todos deixaram o Abeta Summit dispostos a oferecer Ilhabela como destino a seus clientes e amigos. Os motivos para tanto encantamento estão nos 130 quilômetros de costa, montanhas e cachoeiras cercadas por uma das maiores reservas de Mata Atlântica do mundo. A hospitalidade de Ilhabela também fez a diferença. O contato direto com as belezas naturais ocorreu na sexta-feira (16), quando os participantes do Abeta Summit foram convidados para um ‘Dia de Vivências e Atividades ao Ar Livre’, com direito a caminhadas por trilhas, cicloturismo, esportes náuticos, turismo de Base Comunitária, entre outras. O resultado é que a maioria dos congressistas confirmou a intenção de retornar, desta vez como turistas. É o caso de Gabriel Fortes, da Sauá Turismo, agência que opera na região de Ibitipoca, Minas Gerais, com cicloturismo e trekking, entre outras atividades. “A Abeta de Ilhabela foi uma experiência magnifica, onde é possível encontrar profissionais que lutam pelas mesmas ideias. Para um bom mineiro acostumado a pedalar em montanha, foi muito gratificante conhecer as experiências náuticas oferecidas na ilha pela BL3. Velejei em dois barcos, andei de caiaque e canoa havaiana. E foi incrível. Não conhecia Ilhabela, mas já havia indicado a muitos clientes, que vieram e gostaram. Aqui é maravilhoso e indicarei mais ainda. Com certeza voltarei, agora com a família”, garantiu. O casal Adriana Krade e André Ramisch, da agência Exxtreme.4 - Rafting e Expedições, da cidade de Três Coroas, no Rio Grande do Sul, chegou dois dias antes para conhecer as belezas de Ilhabela. “Tivemos um evento maravilhoso. Acho que a palavra para descrever Ilhabela nem seria essa. Foi tão bom que a palavra para definir tudo isso ainda nem foi criada. A cidade é linda e tem muita coisa para conhecer. Chegamos no domingo a aproveitamos a segunda e terça-feira para um tour. Conhecemos muitas coisas. Adorei a trilha e a enorme Cachoeira do Gato, no passeio que fizemos com o pessoal da Abeta, mas a do Paquetá, com a borda infinita foi a minha preferia”, contou Adriana, que também se encantou com o mirante da praia de Castelhanos. “Eu ainda não tinha visto algo como esse lugar. Não dá vontade de ir embora.”

Grupo saiu para passeio em jeep 4x4  - Foto: Márcio Mecca/Seppia

Querer conhecer o Brasil

André fez questão de citar a receptividade dos operados locais e a cordialidade da população de Ilhabela. “O pessoal foi sempre prestativo, atencioso e preocupado em contar a história da ilha e mostrar suas belezas. Vou levar experiências a ideias que vi aqui para aplicar na agência. O Abeta Summit proporciona a possibilidade de conhecer lugares novos e adoramos a ilha. Já combinei com os colegas locais e vamos divulgar Ilhabela em nossas redes sociais”, revelou André, impressionado com a quantidade de quedas d´água no arquipélago, estimadas em mais de 365. Os depoimentos dos associados da Abeta corroboram a avaliação do diretor executivo da entidade, Luiz Del Vigna. “Um de nossos objetivos é ajudar a fazer o brasileiro a querer conhecer o Brasil. A Abeta contribui com isso ao trazer seu evento para diferentes lugares. Isso muda a percepção dos nossos associados, que são empresários, sobre o potencial de destinos bastante comentados, mas, às vezes, não tão conhecidos. Essa nova percepção permite a conexão entre as pessoas para aumentar as possibilidades de negócio para o turismo de natureza, que tem um potencial enorme”, avalia. Del Vigna também ressalta a força da comunidade de Ilhabela para realizar o Abeta Summit 2019. “Os empresários da cidade, de operadores de turismo a rede hoteleira, se uniram para auxiliar a fazer nosso evento ocorrer com grandiosidade e variedade de atividades. Isso sem contar o apoio incondicional do poder público, nosso parceiro desde sempre. O resultado é o encantamento de todos com a ilha. E tivemos representantes de todo o País, do Rio Grande do Sul a Roraima”, completou o diretor executivo da entidade, lembrando que um associado de Florianópolis, Fernando Angeolotto, encarou sete dias no mar e chegou para o encontro de veleiro, o Pangéia. Considerado o principal evento da cadeia produtiva do turismo de natureza no Brasil, a Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura ampliou a diversidade de público, incluindo consumidores e interessados nos temas relativos ao turismo de aventura, ao ecoturismo, a sustentabilidade e a natureza de maneira geral. Comemorando 15 anos de atividades, o tema do Abeta Summit foi ‘15 anos de Vida Natural’. Não por acaso, o slogan de Ilhabela é justamente ´Vida Natural´. “Ajudar a promover o turismo de aventura e natureza a partir do litoral norte paulista para todo o Brasil foi uma alegria. Além do profissionalismo, o alto astral da direção e associados da Abeta combinou perfeitamente com o clima de Ilhabela. Saber que os empresários do setor deixaram a nossa cidade felizes e dispostos a nos indicar ainda mais como destino turístico, e de forma espontânea, aumenta a sensação de dever cumprido por todos nós, da prefeitura”, atesta Bianca Colepicolo, secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela.

Sobre a Abeta

Com mais de uma centena de empresas associadas presentes em 22 Estados e no Distrito Federal, a Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta), é uma associação civil que atua para transformar o potencial turístico do Brasil em vetor de desenvolvimento econômico e social, promovendo o associativismo, a capacitação profissional e o uso inteligente e sustentável do ambiente natural e cultural do país para a prática do turismo seguro e responsável.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.