• Fonte: Prefeitura de Angra dos Reis

Dito Peres vence o 'arraiá' de Angra

Temas sociais e tradição junina foram a combinação que marcou o tradicional Torneio Municipal de Quadrilhas neste ano.

Foto: Divulgação/PMAngra

A quadrilha Dito Peres, do Morro do Peres, foi a campeã do Torneio Municipal de Quadrilhas de Angra dos Reis deste ano. O evento foi realizado nesse fim de semana, no cais de Santa Luzia, de sexta, dia 16, a domingo, dia 18, com a organização da Associação de Quadrilhas Juninas de Angra dos Reis e o apoio da Prefeitura de Angra e da Turisangra. O prêmio para a primeira colocada é de R$ 1,5 mil. A segunda colocada foi a quadrilha Dona Junina, que leva o prêmio de R$ 1 mil. Zé Buscapé, a terceira, ficou com R$ 500. Em um cais com barracas de comidas típicas e brinquedos, enfeitado com muitas bandeirinhas, as quadrilhas esquentaram as três noites frias, atraindo bom público para o local. A quadrilha infantil Coração Caipira abriu as festividades na sexta-feira, esbanjando todo o charme dos dançarinos mirins. No sábado, começaram as quadrilhas competidoras. Quatro jurados – André Tafarel (jornalista), Leandro Silva (historiador), Osvaldo Bazani (coreógrafo) e Douglas Amaral (produtor cultural) – avaliaram os grupos em oito quesitos: marcador, coreografia, tema, conjunto, casal de noivos, par dançante, animação e alegorias. Além de avaliar nos quesitos, o júri também elegeu destaques individuais das quadrilhas ao final de cada uma das apresentações. A primeira quadrilha competidora, de sábado, foi a Escorrega Show, da Banqueta, que falou de seus 30 anos de existência, mostrando sua tradição por meio da dança e dos adereços, e fazendo um casamento no “arraiá”. Depois veio a Emoções Juninas, com o tema “For All: forrobodó, a história do forró”, trazendo a história do ritmo nordestino e, também, homenageando Luiz Gonzaga nesses 30 anos de sua morte. A Aconchego da Ciça veio em seguida, trazendo “São João de todos os tempos” e mantendo a animação e o clima de festa. Encerrando a noite, a Cumpadre Nequinho trouxe “O casamento da rainha do milho”, transformando o cais de Santa Luzia na “Fazenda Milharal”, como escrito em sua alegoria. No domingo, terceira e última noite, se apresentaram as quadrilhas que ficaram nas primeiras posições. A abertura foi com a Dito Peres. Com o tema “A justiça é cega”, o grupo falou sobre justiça social, racismo, direitos humanos e incluiu homenagens a Marielle Franco, vereadora do Rio que foi a quinta mais votada na última eleição, morta em 2018. Quase um ano e meio após seu assassinato, o crime ainda não foi esclarecido. – Nunca vi um trabalho tão bem desenvolvido no tema como o de vocês. Fazer política na internet é fácil. O difícil é trazê-la para as ruas e encarar as pessoas. O Brasil está dividido e vocês pediram união – disse o jurado Osvaldo Bazani, ao fim da apresentação da Dito Peres, que misturou o ritmo junino com canções da MPB. A quadrilha do Morro do Peres teve eleitos pelo júri o melhor marcador, melhor casal de noivos e melhor casal destaque. A Dona Junina, da Japuíba, veio em seguida, com o tema “A cura”, homenageando curandeiras, benzedeiras, simpatias e a natureza, trazendo uma grande predominância do verde em seus figurinos, que receberam elogios dos jurados. O júri também elogiou a mensagem de tolerância religiosa deixada pelo grupo, necessária em tempos de crescimento da intolerância e ataques a templos de matrizes africanas. Encerrando o evento, já de madrugada, a Zé Buscapé, também da Japuíba, se apresentou com o enredo “Respeito é bom e eu gosto”, uma mensagem pedindo tolerância e harmonia entre as diferenças (sexuais, religiosas...). A quadrilha trouxe dançarinos caracterizados de índios, negros escravizados e adeptos de religiões de matrizes africanas. Em um grande cartaz, o grupo retratou um abraço entre uma mulher, um negro, um representante do grupo LGBT, um nordestino e um indígena. As minorias foram ressaltadas em uma apresentação com muita dança típica, bandeiras com as cores do arco-íris (LGBT) e chuvas de papel picado. RESULTADO: 1) Dito Peres – 319,9 2) Dona Junina – 319,6 3) Zé Buscapé – 319 4) Cumpadre Nequinho – 318,2 5) Emoções Juninas – 317,4 6) Escorrega Show – 313,7 7) Aconchego da Ciça – 312,4.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.