• Da Redação

Tirar foto e sair andando não ajuda em nada

“Cachorro perdido na rua tal, perto de tal lugar. Alguém sabe quem é o dono? Não tenho como colocar para dentro...”

“Gente, esse cachorro foi atropelado e não consegue andar. Alguém pode ajudar? Estou de passagem a caminho do trabalho e não tenho como ajudar...”

“Esse gatinho foi pego por uns cães e precisa de ajuda... Alguém pode resgatar e levar no veterinário?”

“Abandonaram um cachorro aqui na minha rua. Alguém tem o telefone de uma ong para vir recolher?”

Foto: Divulgação

É muito comum nos depararmos com a foto de um animal necessitando de ajuda, seja porque está perdido ou porque está doente ou acidentado, e a pessoa que posta escreve que estava de passagem e pede ajuda para que outra pessoa ajude. Infelizmente, esse tipo de atitude não ajuda o animal e deixa a pessoa que está vendo a foto na rede social aflita, sem poder fazer nada, mesmo que tenha boa vontade ou condições porque na maioria das vezes, a pessoa está a quilômetros de distância.

Outra situação comum é postarem a foto de um animal aparentemente perdido em grupos de animais achados e perdidos e não conter o animal em local seguro até o tutor ir buscar. De que vale postar a foto e deixar o animal seguir caminho? Até o tutor vir a foto e ir até o local, o pet com certeza já estará bem longe. Mais uma vez, esse tipo de atitude causa apenas aflição. Além de trazer uma esperança fugaz para o tutor que está desesperado atrás do animal.

Em qualquer uma das situações, se quiser realmente ajudar, faça do jeito certo.

Se o animal está perdido, leve-o para sua casa ou para a casa de algum amigo que se disponha a conter o animal até o tutor ir buscar, tire a foto, poste e espere o tutor entrar em contato para, só depois, entregar o animal em segurança para o tutor.

Não ajuda em nada também levar o animal para casa, deixá-lo passar a noite e soltá-lo nas ruas de novo na manhã seguinte só porque ninguém se manifestou dizendo ser o tutor. Nesse caso, já que o acolheu, nada mais justo que o ajude a encontrar um novo lar. Acredite, pode até demorar, mas sempre aparece alguém disposto a adotar. Basta você se comprometer a fazer a coisa certa.

Foto: Divulgação

Se o animal precisa de ajuda, leve-o para uma clínica veterinária, espere o diagnóstico do médico veterinário e então faça um post pedindo ajuda para o tratamento e para o lar temporário, caso seja necessário. Você vai se surpreender com o número de pessoas que se solidarizam com a situação e ajudam. É muito mais efetivo do que postar a foto e pedir para alguém ajudar. Neste caso, a foto vai rodar durante dias com o pedido de resgate e, na maioria das vezes, ou o animal desaparece sem conseguir ajuda ou o resgate chega tarde demais porque quem postou a foto não quis se comprometer.

Se estiver tendo dificuldade em conseguir ajuda, faça uma rifa. Pode ser de um produto ou serviço. É mais fácil arrecadar o dinheiro quando você oferece algo em troca. E, depois que o animal estiver bem, poste a foto de um pedido adoção. Com um pouco de paciência, tudo se resolve.

E lembre-se, ajudar um animal, seja perdido ou em situação de rua, é uma responsabilidade social de cada pessoa. Se você se compadece com a situação, é você a pessoa certa para resolvê-la também. Mas faça do jeito certo, senão a ação não terá o resultado que se espera e o animal continuará a sofrer.

Foto: Divulgação

Posts Relacionados

Ver tudo
[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.