• G1 Vale do Paraíba e Região

Acusado de envolvimento na morte de turista em assalto a casa de veraneio é preso em Ilhabela

Crime foi em 2015 e outros três acusados já tinham sido presos e condenados. O suspeito estava foragido. À polícia, em depoimento, homem preso alegou inocência.

Foragido por latrocínio é preso em Ilhabela

Um homem de 28 anos foi preso na manhã desta quinta-feira acusado da participar da morte de um turista durante um assalto a uma casa de veraneio em Ilhabela (SP). O crime foi em 2015 e outros três envolvidos foram condenados e estão presos. À polícia, em depoimento na delegacia, ele disse que é inocente.

O foragido foi encontrado pela Polícia Militar em uma área de mata, na praia do Poço, região isolada do arquipélago - a polícia chegou ao local de barco. Ele vivia no local com a namorada em um barraco de madeira há cerca de três meses.

A PM chegou até o homem após uma denúncia anônima de um pescador que frequentava o local e teria reconhecido o suspeito. Ele não resistiu à prisão.

Na delegacia, segundo a Polícia Civil, ele alegou que era inocente. O suspeito foi levado para o Centro Detenção Provisória (CDP) de Caraguatatuba.

Crime

O estudante Vitor Oliveira Nunes foi morto com um tiro no peito durante um assalto a uma casa de veraneio em Ilhabela, no bairro do Bexiga, no dia 21 de novembro de 2015. O jovem de 20 anos era da capital e passava o feriado com um grupo de amigos da faculdade.

Dois assaltantes invadiram o local durante a madrugada e surpreenderam os jovens, que dormiam no momento da ação. A namorada da vítima ouviu chutes na porta do quarto e em seguida um suspeito encapuzado entrou, momento em que Vitor teria acordado.

De acordo com a Polícia Militar, o criminoso achou que o estudante iria reagir ao assalto e por isso atirou. O disparo atingiu o peito da vítima, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.