• Da Redação

Cuidados básicos para cães e gatos

Animais, não importa a espécie, são seres vivos e têm todo o direito de viverem em conformidade com as necessidades básicas de cada espécie, como se estivessem livres na natureza.Animal não é descartável, antes de levar um para casa, tenha a certeza e o comprometimento que você vai cuidar dele como ele merece.

Animais, não importa a espécie, são seres vivos e têm todo o direito de viverem em conformidade com as necessidades básicas de cada espécie, como se estivessem livres na natureza.

Quando se trata de animais de estimação, não é muito diferente. Eles têm necessidades básicas e específicas que devem ser supridas pelo tutor responsável. Se você se compromete a cuidar de um pet, precisa fazer da maneira correta.

É claro que tratar como membro da família vai depender de cada um. O fato é que grande parte dos tutores já possui essa noção e trata os animais como filhos. Mas o importante mesmo é que cada pet tem que ser cuidado da forma correta e viver uma vida de dignidade, sem violência, abusos ou sofrimento.

Isso inclui uma série de cuidados que todo tutor precisa oferecer para o pet. Os cuidados variam um pouco de espécie para espécie e incluem:

  1. Alimentação de qualidade. Seja com ração ou alimentação natural, a dieta do pet deve ser a melhor que a condição financeira do tutor permitir. Se for ração, deve ser super premium ou premium e totalmente sem corante. Quanto mais livres de produtos químicos, como conservantes e transgênicos, melhor. Se for alimentação natural, deve ser preparada especificamente para o pet, de acordo com as orientações de uma nutricionista veterinária e nunca sobras de comida dos tutores.

  2. Água fresca e limpa, trocada todos os dias. A oferta deve ser abundante, principalmente em épocas ou locais de muito calor. E nunca deve ser deixada exposta ao sol.

  3. Abrigo do sol, chuva e vento. Se o pet não for dormir dentro de casa, tem que ter abrigo durante o dia e a noite.

  4. Vacinas preventivas. A vacinação é super importante para manter a saúde de cães e gatos. Cada espécie tem um protocolo específico, mas a princípio são fundamentais as vacinas polivalentes (ou múltiplas) e a antirrábica. De acordo com o local que o pet vive, algumas outras vacinas podem ser imprescindíveis também.

  5. Atendimento médico quando necessário. Isso é básico. Impor um animal sob sua tutela ao sofrimento de uma doença ou ferimento só porque você não tem condição financeira para pagar o veterinário é crueldade extrema. Se não quer gastar com veterinário quando o pet ficar doente, por favor, não adote! Pense nisso antes de levar um ser vivo para casa!

  6. Espaço e liberdade para viver de acordo com o comportamento básico da espécie. Seja casa ou apartamento, a segurança do pet tem que vir em primeiro lugar. Se não tem muro em casa, não tenha cachorro. De que adianta passar o dia acorrentado? Sem falar que é crime de maus-tratos manter o cachorro preso por longos períodos. Viver solto na rua também não é legal, seja gato ou cachorro, o pet estará exposto a acidentes e a crueldade de outras pessoas. Se tem cachorro, assegure-se de ter um quintal com muros e portões para ele. Gatos precisam de locais seguros também, além de telas nas janelas e um espaço fechado para o banho de sol.

  7. Se tem cachorro, tem que passear. Se tem gato, tem que promover o enriquecimento ambiental da sua casa para que ele possa se distrair e divertir durante o dia.

  8. Se mora de aluguel, pense muito bem antes de adotar um animal. Ele deve sempre ser levado com você em todas as mudanças. Se você acha que o pet não caber na mudança é algo aceitável, não adote!

  9. Promover a saúde mental e psicológica do pet através de carinho, dedicação e respeito, sem fazer uso de violência, castigos físicos, abusos ou colocar o pet em situações que lhe causem medo.

Animal não é descartável, antes de levar um para casa, tenha a certeza e o comprometimento que você vai cuidar dele como ele merece.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.