• Fonte: Prefeitura de Ilhabela

Prefeitura de Ilhabela investe na qualificação de professores para ter excelência na inclusão

Um novo curso de Educação Inclusiva teve início em agosto e se estenderá até dezembro.

Atividades do Curso de Educação Inclusiva na Escola Eurípedes Ferreira - Foto: Divulgação/PMI

A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Educação continua investindo na qualificação dos profissionais da rede municipal de ensino em busca da excelência na inclusão. Desde agosto, em dois sábados de cada mês, é oferecido um novo curso de inclusão (Curso de Educação Inclusiva), com duração de seis meses, para suprir a demanda de alunos público alvo de educação especial.

O curso é organizado em oito módulos presenciais e o mesmo número de módulos também é oferecido à distância, que incluem desde Políticas Públicas da Educação Especial às diversas deficiências, transtornos e dificuldades que impedem o processo de aprendizagem. As aulas são ministradas por profissionais das áreas de educação e saúde, especialistas que compartilham seus saberes na área da Educação Inclusiva. Um diagnóstico da pasta observou que somente o Capi (Centro de Apoio Pedagógico), ou serviços de apoio, não são suficientes para dar conta de um atendimento diferenciado e de qualidade a todos os estudantes.

Participam do curso aproximadamente 120 profissionais, entre professores de sala regular, profissionais do Capi, professores especialistas em Educação Especial, auxiliares de primeira infância, coordenadores e diretores. A secretária de Educação, Edina Paula Roma Teixeira, falou sobre a disponibilidade da iniciativa. “É de fundamental importância a participação de diversos atores na construção de uma Política Pública na Perspectiva Inclusiva”.

No sábado (26 de outubro), os profissionais envolvidos no objetivo de melhorar ainda mais o atendimento da rede municipal de educação no quesito inclusão, participaram de outro dia de atividades do curso na Escola Municipal Eurípedes da Silva Ferreira; foi uma manhã inteira de formação na unidade escolar situada na Barra Velha.

A ação faz parte de um dos objetivos principais da pasta. “Hoje podemos dizer que a Secretaria de Educação está cumprindo sua proposta de oportunizar um curso de formação continuada aos professores”, destacou Edina Roma Teixeira. “Essa formação vai dar condições de trilhar uma educação de excelência; pensar e praticar uma educação para todos, não com compaixão, mas com direito”, acrescentou.

Para a titular da pasta, o curso visa dar a oportunidade para se abrir o leque de possibilidade tendo por meta melhor atender alunos com necessidades especiais. Como exemplo, apresenta o quadro de surdocegueira que se tornou um dos desafios para os profissionais.

A prefeita Maria da Graças Ferreira, a Gracinha, destacou a importância da iniciativa. “Temos que investir constantemente, como vem sendo feito pela Secretaria de Educação, na qualificação dos profissionais. É assim que iremos oferecer, cada vez mais, um atendimento de excelência às crianças com necessidades especiais. A Educação em Ilhabela está no caminho certo”, frisou.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.