• G1 Vale do Paraíba e Região

Litoral norte contabiliza mais seis casos de sarampo em três cidades

Casos da doença na região chegam a 211 em 21 municípios. Novas confirmações, nesta segunda-feira (11), são de Caraguá, São Sebastião e Ilhabela.

Pacientes tiveram os sintomas da doença e foram submetidos a exames pelo Instituto Adolfo Lutz — Foto: Oliveira Alves

Mais seis casos de sarampo, sendo dois em Caraguatatuba, um em São Sebastião e três em Ilhabela, foram confirmados nesta segunda-feira (11) pelas prefeituras dos municípios.

Em Caraguá as vítimas são dois homens, de 30 e de 22 anos, moradores do Jardim Primavera e Tinga. As vítimas apresentaram os principais sintomas há dois meses, mas somente agora houve a confirmação pelo Instituto Adolfo Lutz. Com essas novas ocorrências, a cidade soma três vítimas da doença em 2019.

Os pacientes estão em casa e todos os procedimentos e bloqueios foram feitos pela Secretaria de Saúde nos bairros das vítimas e nos locais que costumam frequentar.

Em São Sebastião foi confirmado o segundo caso de sarampo. A vítima é um jovem de 19 anos do Juquehy, na costa sul. Ele foi diagnosticado em setembro e o resultado do exame atestou a doença agora. A vítima não precisou ser internada.

Ilhabela também tem mais três diagnósticos confirmados de sarampo e agora contabiliza nove vítimas da doença. Não foram informados sexo, idade e bairro das novas ocorrências.

Com mais essas confirmações, o Vale e região têm agora registra 211 casos de sarampo em 21 municípios em 2019. Não houve mortes.

Sarampo na região

  • São José dos Campos - 48

  • Atibaia - 29

  • Caçapava - 24

  • Taubaté - 23

  • Pindamonhangaba - 12

  • Bragança Paulista - 11

  • Ubatuba - 11

  • Cruzeiro - 8

  • Jacareí - 7

  • Ilhabela - 9

  • Lorena - 6

  • Tremembé - 4

  • Campos do Jordão - 4

  • Caraguatatuba - 3

  • Joanópolis - 3

  • Bom Jesus dos Perdões - 3

  • Guaratinguetá - 1

  • Piracaia - 1

  • Potim - 1

  • Aparecida - 1

  • São Sebastião - 2

Quem deve se vacinar

  • Dose extra para bebês de 6 meses a 12 meses

  • Crianças de 15 meses (segunda dose tetraviral)

  • Crianças de 15 meses a adultos de até 29 anos sem o registro de duas doses (se tiver tomado uma dose, terá que tomar a segunda. Se não tomou nenhuma, deve receber duas no intervalo de 30 dias)

  • Adultos de 29 a 59 anos, sem registro na carteira (tomar uma dose)

  • Profissionais de saúde

Quem não deve se vacinar

  • Gestantes

  • Crianças menores de 6 meses

  • Imunodeprimidos

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.