• Fonte: Prefeitura de Ilhabela

Novo 'Espaço Árvore' é aplicado em Ilhabela

O projeto consiste em deixar no entorno das árvores um novo parcelamento de solo com condições mínimas adequadas ao local de plantio das espécies, garantindo, de forma perene, o seu crescimento e desenvolvimento.

Foto: Divulgação/PMI

O Viveiro Municipal Aroeira, coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente, em parceria com a Secretaria de Educação, realizou, recentemente, mais uma implantação de “Espaço Árvore” na cidade, dessa vez, no bairro Água Branca.

O “Espaço Árvore” consiste em deixar no entorno das árvores um novo parcelamento de solo com condições mínimas adequadas ao local de plantio das espécies, garantindo, de forma perene, o seu crescimento e desenvolvimento.

Sobre a ação, realizada pelos alunos do sétimo ano da E. M. Eva Esperança, acompanhados por professores responsáveis, foram feitos, pelos próprios estudantes, desde a remoção do calçamento urbano até o plantio das dez mudas nativas, sendo nove ipês (Tabebuia) e uma quaresmeira (Tibouchina granulosa).

A atividade foi uma solicitação da escola e ocorreu nas proximidades do prédio escolar.

Espaço Árvore

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, o “Espaço Árvore” favorece a absorção de água e o contínuo reabastecimento de mananciais.

A área desse espaço deve ter 40% da largura da calçada e o dobro de comprimento, assim, nos casos em que a calçada possuir 2 m de largura, o “Espaço Árvore” deve ter 80 cm de largura e 1,60 m de comprimento. Em casos em que a calçada apresentar menos de 2 m de largura, é necessário que a área seja reduzida, uma vez que, conforme a lei (ABNT, 2015), deve ser mantida uma faixa livre de, no mínimo, 1,20 m de largura para segurança e conforto dos pedestres.

Um dos exemplos da aplicação do “Espaço Árvore” é o novo estacionamento do Paço Municipal, no Perequê, além de outras obras e reformas recentes.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.