• G1 Vale do Paraíba e Região

Obra de duplicação da serra da Rodovia dos Tamoios vai atrasar e só será entregue em 2021

Entrega da obra de duplicação estava prevista para dezembro de 2020. Alteração no cronograma foi informada em entrevista do secretário de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, à TV Vanguarda, afiliada da Rede Globo.

Obra da serra da Rodovia dos Tamoios vai atrasar e será entregue em 2021 — Foto: Divulgação/ Tamoios

Prevista para ser entregue em dezembro de 2020, a obra do trecho de serra da Rodovia dos Tamoios (SP-99) vai ser entregue com atraso. Segundo o secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, os trabalhos devem ser concluídos ao longo de 2021.

O novo prazo foi informado em entrevista à TV Vanguarda nesta quarta-feira (11). O secretário afirmou que um risco geológico foi identificado, o que provocou o atraso no cronograma.

"Houve um risco geológico e ela [concessionária responsável pela obra] precisou de um cronograma um pouco mais estendido. O importante é que ela está garantida, esse [novo] cronograma vai ser cumprido" afirmou o secretário.

Segundo ele, a alteração foi necessária "por conta da própria encosta da serra", que é instável e tem escorregamentos de terra.

A obra começou em 2015 com investimento de R$ 2,1 bilhões. A duplicação é o principal acesso de São José dos Campos para o Litoral Norte de São Paulo.

Procurada pelo G1, a Concessionária Tamoios informou que a obra "terá seu prazo revisado devido a condições geológicas (tipo de solo) mais desfavoráveis do que o previsto inicialmente".

Contorno

O secretário também comentou sobre a paralisação das obras do contorno da rodovia. O trecho deveria ser entregue em 2017, mas com uma série de atrasos e problemas contratuais foi suspensa no fim de 2018.

O contorno faz parte do pacote da Tamoios e tem investimento de mais de R$ 1,5 bilhão. O contorno sul estava com 76% da obra em andamento quando foi suspenso. Para a retomada, o governo estadual vai ter que iniciar um novo processo de licitação.

“Temos que abrir o edital, contratar a empresa e tudo isso exige prazo legal. Não tem como cravar um tempo exato, mas vamos abrir a licitação em 2020”, completou Machado.

Balsa no verão

A travessia de balsa entre São Sebastião e Ilhabela também foi um dos pontos abordados no estúdio. O serviço é alvo frequente de reclamações dos usuários, principalmente durante a alta temporada, com o aumento do fluxo.

João Octaviano informou que foram adotadas medidas desde o início do ano para melhorar o serviço, apesar de não incluir nenhuma nova balsa de travessia de veículos, operadas pela Dersa.

“Nós ajustamos as filas e instalamos painéis informativos para os usuários. Além disso, temos um catamarã para travessia de pedestres e até o início da temporada vamos incluir um novo”, disse.

Posts Relacionados

Ver tudo
[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.