• Fonte: Prefeitura de Ilhabela

Prefeitura de Ilhabela realiza entrega de Carteira POP para pescadores do Arquipélago

Mais de 40 pescadores foram capacitados Nível I (categoria POP).

Foto: Ronald Kraag

A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, em parceria com a Marinha do Brasil, por intermédio da empresa Cisne Branco – Cursos e Assessoria Náutica, e Instituto Ânima, realizou, neste mês de dezembro, a formatura de cerca de 40 pescadores das Comunidades Tradicionais Caiçaras no curso “Formação de Aquaviários – Pescador Profissional – Nível I (categoria POP) ”.

A carteira POP é a habilitação necessária para a condução de embarcações pesqueiras. Os próximos passos deste trabalho serão a criação de uma cooperativa de pesca e a certificação do pescado pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

As aulas foram ministradas por profissionais habilitados pela Marinha do Brasil e os candidatos passaram por teste de aptidão física e aulas teórico-práticas. Dentre as matérias ministradas estiveram: Atividades da Pesca, Condução e Operação de Embarcação de Pesca, Sistema de Propulsão a Motor Diesel, Conhecimentos Elementares de Primeiros Socorros, Técnicas de Sobrevivência Pessoal, Prevenção e Combate a Incêndio e Segurança em Operações de Embarcação de Pesca.

De acordo com a pasta responsável, essa é uma importante conquista para os pescadores que terão, a partir de agora, condições de registrar suas atividades, além de poder obter aposentadoria com contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), garantindo os direitos dos pescadores artesanais.

O comandante da Delegacia da Capitania dos Portos, capitão de Fragata Wagner Goulart, ressaltou a importância da segurança, o que considera base da profissão de quem trabalha no mar, desde os equipamentos de salvamento até a interpretação do clima. Ele acha que após o curso, todos estarão melhor preparados para a profissão.

Já a prefeita Maria das Graças Ferreira, a Gracinha, parabenizou os formandos e os representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Inclusão Social pela iniciativa que, segundo ela, reforça a importância de parcerias para o exercício de políticas públicas.

De acordo com a pasta, haverá outras turmas do mesmo curso, com o objetivo de formar um total de 70 pescadores.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.