• G1 Vale do Paraíba e Região

Suspeito de matar turista de 32 anos em Caraguatatuba é preso

O corpo dela foi encontrado nu e amarrado dentro de um saco em um córrego no dia 17 de novembro. A prisão preventiva do suspeito já tinha sido decretada e, nesta terça-feira (17), ele foi encaminhado para a delegacia de Caraguá, onde será ouvido.

Cristina Coelho Novaes morava em São Paulo e estava em Caraguá na casa de parentes — Foto: Arquivo pessoal

O homem suspeito de matar uma turista de 32 anos em Caraguatatuba (SP) foi preso no último domingo (15) em Paraty (RJ). O corpo dela foi encontrado nu e amarrado dentro de um saco em um córrego no dia 17 de novembro. Após a prisão no litoral fluminense, o suspeito foi transferido nesta terça-feira (17) para a delegacia de Caraguatatuba, onde será ouvido.

A vítima, Cristina Coelho Novaes, era moradora de São Paulo e passava o fim de semana com os parentes no litoral. O irmão dela contou à polícia que na noite em que chegaram na cidade foi para o quarto dormir, mas durante a madrugada acordou e percebeu que a mulher não estava na casa.

Após dois dias de buscas, o corpo de Cristina foi encontrado em um córrego. Não havia sinais de perfuração ou marcas de tiro. A suspeita da polícia é que ela tenha sido morta por enforcamento.

O suspeito de ter matado Cristina foi identificado por meio de imagens de câmeras de segurança de uma rua que, segundo a polícia, mostram o momento em que ele carrega o corpo da vítima em um carrinho de supermercado.

O suspeito era procurado e foi encontrado pela polícia no último domingo (15) em Paraty. As circunstâncias da prisão não foram informadas. Ele foi encaminhado nesta terça para a delegacia de Caraguá, onde será ouvido. Depois, será levado para o Centro de Detensão Provisória (CDP) da cidade.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.