• Fonte: Prefeitura de Caraguatatuba

Coleta Seletiva em Caraguatatuba registra aumento de 90% durante alta temporada

Centro e cinquenta toneladas de material reciclável foram recolhidos. Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca (SMAAP), na baixa temporada, este número cai para 80 toneladas por mês.

Foto: Divulgação/PMC

O Programa da Coleta Seletiva da Prefeitura de Caraguatatuba registrou no período de fim de ano, de 15 de dezembro a 15 de janeiro, o recolhimento de 150 toneladas de material reciclável, gerando um crescimento de quase 90%.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca (SMAAP), na baixa temporada, este número cai para 80 toneladas por mês. No mesmo período também, a SMAAP recebeu cerca de 50 ligações de munícipes e veranistas para agendamentos, sugestões e solicitações.

“Este contato da população só reforça que a reciclagem está cada vez mais se tornando um hábito na rotina das pessoas”, destaca o chefe de Meio Ambiente da SMAAP, Reinaldo Gomes Dias dos Santos.

A Coleta Seletiva conta com dois caminhões que percorrem de Norte a Sul da cidade, passando nas residências conforme programação dos bairros. O cronograma está disponível no site da Prefeitura, no link http://www.caraguatatuba.sp.gov.br/pmc/coletaseletiva/.

É importante que a população descarte os recicláveis em horário próximo ao período da coleta, evitando deixar um dia antes. Se possível, lave bem e seque os materiais antes de disponibilizar. Assim, evitará atração de vetores (moscas, abelhas, etc).

Além do lixo orgânico, existem outros materiais que não devem ser descartados para Coleta Seletiva, como papel-carbono, etiqueta adesiva, fotografias, filtro de cigarros, papéis sanitários, copos de papel, cabos de panela, tomadas, grampos, esponjas de aço, canos, espelhos, cerâmicas, pilhas e baterias de celular. Alguns devem ser devolvidos aos fabricantes ou depositados em coletores específicos.

A separação do lixo orgânico e do reciclável ajuda a conservar o meio ambiente, melhora a qualidade de vida, reduz gastos para o município e gera emprego e renda, por meio das duas cooperativas de reciclagem, existentes na cidade.

Nos locais, os materiais são triados, gerando renda aos cooperados e voltando para o ciclo comercial como mercadoria.

Dúvidas, informações, agendamentos e reclamações podem ser obtidos pelo telefone (12) 3897-2530.

Foto: Divulgação/PMC

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.