• G1 Vale do Paraíba e Região

Mulher é internada com suspeita de coronavírus em hospital de Guaratinguetá

Paciente de 76 anos que estava em viagem em Dubai, nos Emirados Árabes, região que tem casos confirmados da doença. Vigilância acompanha o caso.

Paciente é de Aparecida e deu entrada vem hospital particular de Guaratinguetá — Foto: Jonatan Morel/TV Vanguarda

A cidade de Guaratinguetá tem um caso suspeito de coronavírus, segundo a Secretaria de Saúde municipal. A paciente é uma mulher de 76 anos, que procurou atendimento com os sintomas da doença neste domingo (9) em um hospital da rede particular. A mulher é moradora de Aparecida.

O Brasil tem 11 casos casos suspeitos de novo coronavírus, de acordo com o Ministério da Saúde. Os balanços do governo federal e das secretarias estaduais ou municipais podem ter números diferentes. Eventuais divergências ocorrem porque os boletins diários, que passarão a ser informados diariamente às 16h, se baseiam em informações coletadas até o meio-dia. Segundo o ministério, notificações enviadas após o meio-dia constarão no boletim do dia seguinte.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a mulher estava em viagem em Dubai e retornou com os sintomas da doença. Os Emirados Árabes têm casos confirmados da doença. De acordo com o hospital Frei Galvão, a paciente está mantida internada em isolamento. O estado de saúde não foi informado.

A prefeitura informou que a Vigilância Epidemiológica foi acionada na manhã desta segunda-feira (10) e acompanha o caso que é tratado como suspeito. Disse ainda que amostras da paciente vão ser encaminhadas para o Instituto Adolfo Lutz para análise.

A reportagem do G1 acionou a Secretaria Estadual de Saúde, que informou que até o último balanço divulgado neste domingo (9) o caso ainda não havia sido notificado.

Investigação

Em São José dos Campos um caso suspeito de Coronavírus também é investigado. A paciente é uma mulher de 51 anos que apresentou os sintomas da doença após ter contato com o marido, que havia chego de viagem da China.

Ela foi internada no dia 29 de janeiro e mantida em isolamento e foi medicada com Tamiflu, que é o medicamento usado no tratamento da gripe Influenza (H1N1). No dia 30 de janeiro, a paciente teve alta, mas a Secretaria de Saúde de São José dos Campos informou que ainda aguarda o resultado do exame feito pelo Adolfo Lutz e o caso não foi descartado.

Este foi o segundo caso apurado na cidade. Um outro paciente que havia chegado de viagem da China também foi internado no fim de janeiro com quaro suspeito de Coronavírus. O homem de 37 anos foi mantido em isolamento em um hospital da rede particular, mas na última terça-feira (4) teve a suspeita da doença descartada após o Instituto Adolfo Lutz divulgar que as amostras do paciente apresentaram resultados negativos.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.