• Fonte: Prefeitura de São Sebastião

São Sebastião abre seleção de professores para o projeto Jovens em Ação

As inscrições devem ser realizadas, mediante entrega da proposta de projeto e demais documentações, até a próxima terça-feira (18), às 17h, na sede da SEDUC.

São Sebastião abre seleção de professores para o projeto Jovens em Ação - Foto: Iuri Cunha/PMSS

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria da Educação (SEDUC), abriu um chamamento público para seleção de professores da rede municipal interessados em fazer parte do projeto Jovens em Ação.

As inscrições devem ser realizadas, mediante entrega da proposta de projeto e demais documentações, até a próxima terça-feira (18), às 17h, na sede da SEDUC, localizada na Rua Prefeito Mansueto Pierotti, 391 (2° andar), no Centro. Ao todo são ofertadas 10 vagas.

Podem participar docentes efetivos e contratados do município de São Sebastião, com disponibilidade para trabalhar acima de 6 horas/aula em sua jornada, compondo assim, 2 horas/aula pré-estabelecidas na unidade escolar e 4 horas/aulas para atender demandas e formações.

O projeto deverá ser elaborado de maneira clara e sucinta, assinado pelo candidato interessado, acompanhado da documentação exigida, conforme os itens: nome do projeto/identificação; justificativa; objetivos; público-alvo; disponibilidade de horários e dias para a execução; materiais a serem utilizados e indicar duas unidades escolares ás quais têm o interesse de representar.

Os candidatos devem protocolar o envelope lacrado contendo o projeto e anexo I, até a data prevista junto à recepção da Secretaria da Educação. Na terça-feira (18), a comissão de análise e seleção abrirá os envelopes na sala de reuniões, que será pública e os candidatos poderão acompanhar.

Para mais informações confira o edital do chamamento no link http://www.saosebastiao.sp.gov.br/pdfs/esp_prof/edital_chamamento_n_002-2020-seduc_projeto_jovens_em_acao.pdf.

Jovens em Ação

O projeto Jovens em Ação tem por objetivo promover o protagonismo juvenil, tendo como público-alvo alunos do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), por meio, por exemplo, da criação e funcionamento de grêmios estudantis, além do desenvolvimento de iniciativas como a elaboração do informativo “Inspira”.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.