• Fonte: Prefeitura de Caraguatatuba

Prefeitura de Caraguatatuba e quiosqueiros da Mococa se reúnem para discutir revitalização da orla

Após a explanação técnica, foram levantadas uma série de ideias para realização de intervenções. O grupo agendou para a próxima segunda-feira (16/03) uma visita ao local, onde irão reunir os quiosqueiros, técnicos de meio ambiente, urbanismo, obras e saneamento básico.

Prefeitura de Caraguatatuba e quiosqueiros da Mococa se reúnem para discutir revitalização da orla - Foto: Divulgação/PMC

Na manhã de ontem (13/03), o prefeito Aguilar Junior esteve reunido com representantes da Associação de Quiosques de Caraguatatuba (AQC) que fazem parte da região da praia da Mococa. Nos últimos meses, a alta da maré e as fortes ressacas causaram erosões na praia que atingiram inúmeros quiosques na orla.

Desde então a Prefeitura de Caraguatatuba vem acompanhando a necessidade de intervenções. “No início da administração nós já lutamos muito para manter os quiosques e evitamos a demolição dos estabelecimentos na cidade, hoje a situação da Mococa está crítica e vamos juntos encontrar uma solução”, destacou o prefeito logo no início da reunião.

Também estavam presentes no encontro: Leandro Borella, secretário de Obras Públicas; Marcel Giorgeti, secretário de Serviços Públicos, Meio Ambiente, Agricultura e Pesca; e Wilber Cardozo, secretário de Urbanismo. Eles explicaram sobre as questões ambientais e projetos para a orla do município.

Parceiro da Associação de Quiosques de Caraguatatuba (AQC), Mozart Russomano, também participou da reunião e lembrou sobre o pedido de demolição, abertura de licitação e regramento da orla marítima proposto pelo Ministério Público Federal em 2018, que foi rejeitado pelo juiz titular de Caraguatatuba, Gustavo Catunda Mendes.

“Prefeito, eu me lembro muito da sua luta com relação a proteção dos quiosques. Com certeza foi fundamental para o resultado em prol das pessoas que vivem dessa atividade comercial”, ressaltou.

Após a explanação técnica, foram levantadas uma série de ideias para realização de intervenções. O grupo agendou para segunda-feira (16/03) uma visita ao local, onde irão reunir os quiosqueiros, técnicos de meio ambiente, urbanismo, obras e saneamento básico, visando estabelecer um projeto rápido e viável para resolver o problema. “Assim que tivermos essa definição, podemos preparar um documento e encaminhar para análise do SPU e Ministério Público. Com o retorno positivo, conseguimos executar”, destacou prefeito Aguilar Junior.

[ Charge ]_______________________________

Deixe aqui sua opinião de tema e comentários

Obrigado! Mensagem enviada.